A Câmara Municipal de Lisboa (CML) organiza, durante o mês de fevereiro, passeios literários pelos locais descritos ou frequentados por grandes nomes da literatura portuguesa. O próximo percurso está agendado para o dia 16 de fevereiro (sexta-feira) e visa aproximar o público a Cesário Verde, recriando os passos do poeta pelas ruas da capital. 

Apesar de incompreendido pelos seus contemporâneos, Cesário Verde (1855-1887) é considerado um dos precursores da poesia realista em Portugal. Lisboa de Cesário Verde incide sobre os locais da baixa lisboeta frequentados pelo poeta, fazendo a ligação aos principais marcos históricos da época em que viveu.

O dia 23 de fevereiro (sexta-feira) está reservado para Luís de Camões (1524-1580). Desde a Praça Luís de Camões até ao Pátio do Tronco, o que se propõe é uma viagem pelos locais associados à vida e obra do autor do famoso poema épico Os Lusíadas.

Fernando Pessoa (1888-1935) é a figura central do passeio programado para o dia 27 de fevereiro (terça-feira). O percurso recria os passos de um dos maiores génios poéticos da literatura portuguesa desde o Largo de São Carlos, onde nasceu, até ao Martinho da Arcada, onde tomou o seu último café.

A cidade de Lisboa descrita no Memorial do Convento por José Saramago (1922-2010) não foi esquecida e é o guia central do passeio literário Saramago e o Memorial do Conventocom início no Largo de São Domingos e fim na Casa dos Bicos. A repetição deste percurso, realizado na passada sexta-feira (9), ainda não tem data marcada.

Eça de Queirós (1845-1900) e Almada Negreiros (1893-1970) foram outros dos marcos incluídos no itinerário literário e artístico de Lisboa nos anos anteriores, desconhecendo-se a sua realização em 2018.

Todos os percursos são previamente definidos pelos especialistas da CML que se guiam pela obra, pelos amigos ou pelos locais predilectos dos escritores portugueses para dar a conhecer o património arquitectónico, histórico e cultural da cidade.

Os passeios literários requerem marcação prévia através do e-mail lisboa.cultural@cm-lisboa.pt ou do telefone 218 170 900. Cada percurso, com a duração de duas horas, tem um custo de 3,69 euros por pessoa.

Lê também: Portugal premeia o melhor professor do ano