O T’Challa, príncipe de Wakanda, dá-nos as boas-vindas com a mais recente mini-série de banda desenhada, Pantera Negra. Lançada pela editora Goody, é composta por três volumes, que incluem os comics originais do número um ao 18. E o primeiro, Uma Nação Sob os Nossos Pés I, chegou esta terça-feira, dia 6 de fevereiro, às bancas.

Pantera Negra é o título ancestral de T’Challa, o rei de Wakanda. T’Challa divide o seu tempo entre a proteção e o bem estar do seu reino (um reino fictício em África), tarefa na qual conta com a ajuda da sua guarda real feminina de elite, as Dora Milaje, e o seu trabalho de super-herói, como membro de equipas como os Vingadores e os Supremos.

A nação de Wakanda é a sociedade do planeta mais avançada a nível tecnológico. Este pequeno país africano está situado sobre um enorme jazigo de um recurso natural extremamente raro chamado vibranium. T’Challa passou algum tempo afastado do trono. Durante essa ausência foi a sua irmã Shuri quem governou o país, como rainha e Pantera Negra, mas Shuri morreu a defender Wakanda do exército de Thanos.

Agora, T’Challa é de novo rei, mas o povo está inquieto. Quando um grupo terrorista sobre-humano faz despoletar uma revolta sem precedentes, Wakanda entra numa espiral de violência que fará o povo duvidar do seu próprio rei. T’Challa luta por conseguir manter o seu povo unido, ao mesmo tempo que das sombras surge um poderoso inimigo.

O Pantera Negra foi o primeiro super-herói da descendência africana a aparecer nos grandes comics norte-americanos. Poucos heróis negros foram criados antes dele e nenhum com superpoderes. Agora, a Goody reúne a sua história em apenas três volumes. Os próximos números da série chegam às bancas nos dias 13 e 20 de fevereiro. Avulso, os volumes custam 7,90 euros cada um (nas bancas e online). Mas até ao final de fevereiro poderás comprar uma assinatura, que inclui os três volumes, por apenas 15 euros.

Lê também: OITO OBRAS (SEM CLICHÉS) PARA OFERECERES NO DIA DE SÃO VALENTIM