Na terça-feira (30), a equipa do Instagram anunciou a chegada de uma nova funcionalidade, há muito aguardada por clientes empresariais. A partir de agora, é possível agendar publicações na rede social, através da Graph APIa principal interface de programação do Facebook.

Este novo recurso é exclusivo a contas profissionais, cujos gestores podem programar em que momento do dia pretendem divulgar as publicações, à semelhança do que acontece no Facebook. Apenas é possível agendar fotografias, deixando os vídeos, por agora, fora da equação.

Lê também: Vêm aí novas funcionalidades para as stories do Instagram

A par desta função, surgem outras novidades: os perfis profissionais de Instagram passam a poder ver posts nos quais foram mencionados e a ter acesso a detalhes de outras contas comerciais. O intuito desta atualização da plataforma é fomentar uma gestão segura da conta online, diminuindo a necessidade dos seus donos de partilharem as credenciais de login.

Estas novidades surgem no âmbito da mudança da API (interface de programação) da aplicação. No espaço de um ano, a plataforma mudou da Instagram API para a Instagram Graph API: alteração que, segundo a equipa responsável, facilitou a “gestão da presença orgânica das empresas de forma mais eficaz”.

Segundo o TechCrunch, estas novas funções deixarão de estar limitadas a organizações num futuro breve. Para já, tudo indica que a abrangência destas novidades a perfis não-comerciais chega no início do próximo ano.

Porquê um recurso exclusivo a perfis profissionais?

O agendamento de publicações do Instagram chega, porém, com algumas limitações. Restrito a entidades empresariais, o seu acesso só poderá ser feito através de plataformas de gestão externas. Isto porque a funcionalidade é adicionada à API do Instagram, o que implica que outras plataformas de gestão de redes sociais como a Hootsuit, Sprout Social ou a SocialFlow também acedam a este recurso.

Por outras palavras, se uma empresa pretende que a sua página de Instagram tenha acesso a esta nova função, terá de subscrever serviços de terceiros. O HootSuite, por exemplo, foi o primeiro programa de software a anunciar a sua adesão à novidade: “O agendamento e publicação de conteúdo do Instagram tem sido o pedido número um dos nossos 16 milhões de clientes”, afirma Ryan Holmes, CEO da Hootsuite, em comunicado. “Agora, [os nossos clientes] podem coordenar grandes volumes de conteúdo, diversos membros de equipa e várias contas de Instagram com facilidade e segurança. O Hootsuite está animado por colaborar com o Instagram, de forma a tornar isto possível.”

Vendo as coisas deste prisma, faz sentido que o agendamento das publicações permaneça exclusivo a empresas de larga escala: isto porque as contas de pequenas firmas ou de utilizadores particulares não utilizam, por norma, um terceiro programa de software para trabalhar com o Instagram.

Jim Anderson, CEO da SocialFlow, explica: “Criar posts de Instagram consome sempre muito tempo. Isso não é necessariamente um problema para consumidores individuais, mas quando se trata de uma empresa de media que divulga mais de 100.000 publicações por dia, torna-se simplesmente impossível fazer tudo manualmente.”