Para quem só acompanha Game Of Thrones através da televisão e nunca leu os livros, não está ao corrente de um certo pormenor que pode mudar todo o enredo da história: existe mais um Targaryen vivo.

A série já há muito que ultrapassou os livros de George R. R. Martin. Alguns pormenores não foram incluídos, algumas personagens não existem, enquanto que outras foram aí criadas de raiz. Vários são os aspetos literários que não foram contemplados na adaptação televisiva.

Alguns factores não foram incluídos na série de propósito, mas, da mesma maneira, outros podem ainda vir a ser adaptados. O que é certo é que alguns deles são muito importantes e podem mudar todo o rumo da trama. É o caso deste que te vamos falar.

*SPOILERS*

Quem tem acompanhado a série, que vai muito à frente dos livros, sabe que de momento é Cersei quem está sentada no Trono de Ferro, com a Daenerys apontando a mira para o mesmo assento, e que o Jon Snow anda um pouco à deriva.

O certo é que, ao fim ao cabo, é Jon Snow quem tem a melhor pretensão, ou pelo menos a mais legal, para se sentar no Trono de Ferro: afinal de contas, ele não é um bastardo, bem pelo contrário. É o filho de Rhaegar Targaryen e de Lianna Stark, sendo o seu verdadeiro nome Aegon Targaryen.

targaryen

Fonte: Giphy

O problema é que, de acordo com os livros, há mais um Targaryen vivo, que é nada mais nada menos que Aegon Targaryen. Sim, outro Aegon além do Aegon (Jon Snow), e estes são irmãos. Muito confuso, certo? Aqui fica a explicação:

O príncipe Rhaegar Targaryen (irmão mais velho de Daenerys), era casado com a princesa Elia Martell de Dorne. Do relacionamento de ambos resultaram dois filhos, Rhaenys e Aegon, este último sendo acreditado pelo pai como sendo o Príncipe Prometido, segundo uma profecia, que iria salvar toda a gente dos Outros, os White Walkers.

Mas foi então que Rhaegar conheceu a irmã do nosso amado Ned Stark, Lyanna, pela qual se apaixonou e que, mais tarde, “raptou”. Na verdade, tal como é demonstrado na série, eles apaixonaram-se perdidamente um pelo outro, casaram-se em segredo e dessa relação nasceu (outro) Aegon Targaryen, que mais tarde seria conhecido como Jon Snow, de maneira a esconder a sua identidade.

Mais tarde, Elia Martell é assassinada pelo Montanha e os seus companheiros, que também matam os dois filhos da princesa, sendo a cabeça de Aegon esmagada.

Ou será que não foi bem assim?

targaryen

Fonte: Giphy

Acontece que, nos livros, enquanto Tyrion viaja num rio de Essos, conhece um sujeito de cabelo azul chamado “Jovem Griff“.

Após algum tempo de convivência, Tyrion, com a sua perspicácia característica, acaba por descobrir que esse é afinal Aegon Targaryen, possuindo inclusivamente o cabelo de prata (escondido pela pintura azul) e olhos azuis quase violeta.

Na noite fatídica, o bebé Aegon foi trocado pelo bebé de um plebeu e escondido. Posteriormente, foi retirado de Westeros, para ficar à guarda de Illyrio Mopatis, como seu filho adoptivo. Isto tudo graças a uma pessoa: Varys, a aranha.

Nos livros, Aegon (Jovem Griff) já contratou a Companhia Dourada (Golden Company), um exército muito forte, e já conquistou um castelo nas Terras da Tempestade. Este Aegon, ao contrário do Aegon (Jon Snow), sabe bem o que quer e está convicto em conquistar o Trono de Ferro, até porque era isso que a profecia jurava.

targaryen

Fonte: Giphy

Mas, embora já no campo das suposições…. há uma nova reviravolta! E esta mesmo ao estilo de George R. R. Martin. Aegon Targaryen (Jovem Griff) pode não ser realmente um Targaryen.

Esta teoria é baseada em vários princípios. Primeiro, Illyrio Mopatis, caso se lembrem, foi quem deu os ovos de dragão à Daenerys. Visto que era ele quem estava a criar Aegon Targaryen, seria de esperar que também lhe desse, pelo menos, um dos ovos, visto que eram três.

Além disso, quando Tyrion esteve com Illyrio viu um retrato da falecida esposa de Illyrio. Tal como é descrito, esta tem olhos grandes e azuis, bem como cabelo de ouro/prata, tal como os Targaryen. Assim, alguns fãs consideram que esta pertence à família Blackfyre, que é uma família “rebelde” de bastardos Targaryen, que fugiram para Essos.

Nas poucas vezes referida, esta família foi descrita como extinta no que toca à linhagem masculina, mas nunca foi pronunciada quanto à linhagem feminina, podendo a esposa de Illyrio muito bem pertencer a esta família.

Além disso, na altura a Companhia Dourada estava do lado dos Blackfyre, tal como está agora ao lado do Aegon (Jovem Griff).

Como tal, será Aegon verdadeiramente Targaryen, ou será isso uma falsidade e é apenas filho de Illyrio e da sua esposa descendente dos Blackfyre?

targaryen

Fonte: Giphy

E, seja como for, será que isso interessa?

Nos livros interessa de certeza, pois a personagem já foi inserida. Mas, quanto à série, será que vai ser completamente deixada de lado ou ainda vai ser inserida no enredo para ajudar à confusão?

No que toca ao livros, Aegon Targaryen (Jovem Griff) é uma personagem a ter em conta. Afinal, ele é um novo pretendente à coroa com o seu próprio exército, seja ele Targaryen ou não. Não obstante, é mais relevante se ele for de facto Targaryen, visto que quantos mais Targaryens existirem, menos poderoso é cada um deles.

E, afinal de contas, as diferenças podem ser grandes entre os livros e a adaptação televisiva, podendo até o seu final ser diferente.

Basta ter os títulos em conta: a série tem o nome de Game of Thrones, ou seja A Guerra dos Tronos, remetendo assim o título para um final que consista no resultado dessa guerra.

Por outro lado, a coleção literária tem o nome de A Song of Ice and Fire, ou seja, As Crónicas de Gelo em Fogo, o que não remete para um objetivo em concreto, deixando a trama completamente em aberto.

targaryen

Fonte: Giphy

LÊ TAMBÉM: 10 CITAÇÕES DE HARRY POTTER PARA ENCANTAR NO DIA DOS NAMORADOS