biblioteca pública
Foto: Çankaya Municipality News Center

Biblioteca pública criada com livros recolhidos do lixo

Em setembro do ano passado, abriu uma biblioteca pública em Ancara, capital da Turquia, com livros recolhidos pelos homens do lixo.

Esta nova biblioteca pública, que deu vida a livros abandonados, é o resultado do trabalho de um grupo de homens que trabalham nos serviços de recolha do lixo da cidade.

Durante alguns meses, estes funcionários começaram a recolher os livros que haviam sido deitados fora.

Inicialmente, o objetivo inicial era a obtenção dos livros para partilhar entre si e com as respetivas famílias.

Serhat Baytemur, um dos responsáveis pela iniciativa, explicou à televisão estatal turca que «antes queria ter uma biblioteca em casa. Agora tenho uma biblioteca aqui».

O projeto captou, de dia para dia, a atenção de outros colegas que começaram a colaborar na ideia.

Paralelamente, diversos funcionários da câmara municipal participaram também na campanha com a entrega de livros.

O acervo de livros foi crescendo e a ideia de criar uma biblioteca pública ganhou força.

Alper Tasdelen, presidente da Câmara Municipal de Çankaya (Ancara), salienta que foi com muito agrado que a autarquia acolheu e apoiou o projeto: «Por um lado havia quem deixasse os livros na rua, por outro havia quem andasse à procura deles», segundo fonte da cadeia televisiva CNN.

O autarca afirmou, ainda, que foi feito todo um trabalho de acompanhamento dos planos e da criação da biblioteca pública, tendo sido cedida uma antiga fábrica de tijolos para instalação deste novo equipamento cultural.

Atualmente, a biblioteca pública conta com cerca de seis mil exemplares, de diferentes géneros literários.

LÊ TAMBÉM: ANA MARGARIDA DE CARVALHO APRESENTA LIVRO PREMIADO EM LEIRIA
Mais Artigos
Maradona
Canais TVCine homenageiam Maradona com estreia de documentário