Para grande desgosto dos fãs de Game of Thrones, o fim da famosa série da HBO está à porta, com o lançamento da oitava temporada em 2019. Em entrevista à Variety, Peter Dinklage afirma ser o momento ideal no enredo para nos despedirmos das personagens e peripécias do universo fictício de Westeros.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=TzAPTLTH-T4?rel=0]

Após sete longas temporadas e oito anos de produção, Dinklage reflete sobre a escolha da oitava temporada para concluir a série. “É a altura perfeita para acabar.”, confessa o intérprete de Tyrion Lannister – uma das personagens preferidas dos que acompanham Game of Thrones, conhecido pela sua audácia e inteligência.

“É frequente que muitas séries durem mais do que o costume” começa por dizer o autor, associando este fenómeno à expressão “jumping-the-shark”. As palavras do ator dão a entender que, uma vez atingido o seu auge, alongar o enredo de Game Of Thrones poderia comprometer a própria qualidade e o rumo da série. Seguindo esta lógica, a sua perda de visibilidade e popularidade seria o reflexo disso.

O adeus a Tyrion e a despedida do elenco

Peter Dinklage revela a dedicação e esforço de toda a equipa que trabalha para dar vida à 8ª temporada da série, em processo de gravação: “É a temporada final, daí ser mais longa. Estamos mesmo a dedicar-lhe o nosso tempo”. Apesar de considerar ser o momento perfeito para a grande final da série, o ator que dá vida a Tyrion admite a amargura que sente ao despedir-se das personagens da série e dos colegas de trabalho: “É a parte triste da nossa profissão, porque conhecemos pessoas espetaculares num curto espaço de tempo”. “É sempre doloroso, especialmente quando passamos meses junto destas pessoas”, acrescenta.

Emoções à parte, Dinklage reforça o seu ponto de vista: “Está na hora.”. E claro: apesar de ser doloroso ver chegar o fim do drama norte-americano, chegou o momento de apurar (se haverá, de facto) um vitorioso pretendente ao Trono: o vencedor do jogo.