Firefly Festival confirma a primeira atuação dos Arctic Monkeys em três anos

Parece que os meninos de High Green decidiram, finalmente, regressar aos palcos. Os Arctic Monkeys aqueceram os corações dos fãs hoje (11) com a confirmação da sua primeira atuação em três anos. A banda britânica vai ser cabeça de cartaz do festival norte-americano Firefly.

À primeira vista, esta confirmação pode não parecer nada de especial. Porém como se tem vindo a tornar um costume dos grupos musicais, uma confirmação para um festival de verão pode dar aso a muitas outras.

Nisto, estamos todos a torcer para que algum festival português receba os britânicos nos seus palcos. A última vez que a banda esteve em Portugal foi no festival NOS Alive, em 2014.

Para além disso, este anúncio por parte do Firefly Music Festival sugere que a banda de Sheffield anda a preparar novo material para os fãs. Nick O’ Malley, baixista dos Arctic Monkeys, revelou numa entrevista à For the Ride – uma revista sobre motociclos – que há planos para o lançamento de um novo álbum de estúdio, ainda em 2018.

A participação da banda neste festival de verão pode indicar que o sucessor de AM (2013) pode estar mais perto de ver a luz do dia.

Arctic Monkeys no Firefly Music Festival
Cartaz do Firefly Music Festival

O que é que foi feito nestes três anos de paragem?

Apesar de a paragem criativa levar já meia década, os Arctic Monkeys só terminaram a tour de AM em 2015. No final da digressão, a banda afirmou que faria uma pausa por tempo indeterminado. Durante esse intervalo, os membros da banda envolveram-se noutros projetos.

Alex Turner reencontrou-se com Miles Kane para a edição de um novo disco dos The Last Shadow Puppets. Oito anos separam os dois álbuns do duo britânico, The Age of the Understatement (2008) e Everything You’ve Come to Expect (2016). Ainda antes de regressar aos TLSP, Alex fez uma participação especial no segundo álbum dos Mini Mansions, The Great Pretenders (2015).

Matt Helders teve a oportunidade de se juntar ao mais recente projeto do veterano do rock Iggy Pop. Juntamente com Josh Homme e Dean Fertita, ambos dos Queens of The Stone Age, editaram o álbum Post Pop Depression (2016).

Mais Artigos
Fita Isoladora
Podcast. O fim dos programas de futebol com adeptos foi uma boa decisão?