O Sindicato dos Jornalistas, com o apoio da Roche, vai oferecer cinco bolsas, de dois mil euros cada uma, para apoiar os repórteres que fazem jornalismo na área da saúde.

O objetivo da organização é “fomentar e incentivar” a elaboração de trabalhos jornalísticos sobre a temática. Cada jornalista poderá concorrer a estas bolsas com um total de cinco propostas de trabalhos, nas seguintes áreas: esclerose múltipla; doenças raras – hemofilia; cancro; prevenção e redução do peso da doença crónica na sociedade e cuidados primários de saúde.

As candidaturas são feitas online e decorrem até às 23h59 do dia 28 de fevereiro de 2018. Será valorizada a seleção de “matérias de interesse e atualidade“, bem como “a qualidade e originalidade, com garantia de absoluta liberdade editorial dos jornalistas“.

Nos critérios de avaliação da bolsa são ainda tidas em conta “a inovação e originalidade do tema, conteúdo e formato, a relevância da proposta de trabalho, a atualidade das matérias de saúde, bem como o nível de contribuição do tema da proposta para a melhoria da qualidade de vida dos doentes visados e dos cuidados de saúde em geral“.

Para mais informações sobre o Programa de Bolsas, regulamento e formulário de candidatura podes consultar o site www.bolsasdejornalismo.pt.