Aqui nasceu Portugal“, diz a História. Guimarães tem muito mais que se lhe diga do que o seu passado histórico. Reunimos cinco coisas que não podes perder na cidade-berço durante uma escapadinha de um dia.

Guimarães é conhecida por ser a cidade-berço. Segundo a história, foi nesta cidade que nasceu Portugal, em duplo sentido. Foi na terra dos vimaranenses que se estabeleceu o centro administrativo do Condado Portucalense e também onde terá nascido D. Afonso Henriques.

A cidade onde nasceu Portugal é o destino ideal para uma escapadinha de um dia, uma vez que combina história, cultura e natureza.

1. Castelo de Guimarães

Classificado como monumento nacional, o Castelo é o símbolo da cidade. A construção surgiu inicialmente como uma mosteiro e mais tarde foram erguidas as muralhas como forma de proteção. Acredita-se que o primeiro rei de Portugal terá nascido aqui, apesar de alguns documentos indicarem Viseu como a sua naturalidade. O bilhete custa dois euros.

Castelo de Guimarães

2. Paço dos Duques de Bragança

No mesmo complexo do castelo fica esta casa senhorial data do século XV. O Paço dos Duques de Bragança foi mandado construir pelo primeiro nobre desta linhagem, D. Afonso. O interior do paço está repleto de objetos da época dos Descobrimentos.

Paço dos Duques de Bragança

3. Centro Histórico

Um passeio a pé pelo centro histórico de Guimarães é obrigatório aquando de uma visita, ainda que curta. Desde 2001 que este centro é considerado Património Cultural da Humanidade. O Largo do Toural, o Largo da Oliveira e a Praça de Santiago são pontos obrigatórios a passar.

Centro histórico

4. Monte da Penha

Este é o ponto mais alto de Guimarães e garante uma vista fantástica sobre o centro da cidade. O Santuário da Senhora da Penha fica localizado neste monte. É o local indicado para um piquenique ou um trilho a pé.

Santuário da Senhora da Penha

5. Citânia de Briteiros

Fica no topo do monte de São Romão e é a prova da presença dos “castros” nesta parte do nosso território há mais de dois mil anos. A Citânia de Briteiros é uma espécie de aldeia deste povo, onde podemos observar a sua arquitetura. A entrada custa três euros.

Citânia dos Briteiros

Onde comer em Guimarães

Caso estejas na cidade-berço durante a hora de almoço ou jantar, deixamos-te três sugestões de restaurantes.

  1. Taberna do Trovador: comida portuguesa a bom preço.
  2. Deguste by Pedro Pinto: especialista nos hambúrgueres e nas sobremesas.
  3. Dan´s: restaurante americano.

Deguste by Pedro Pinto

Se quiseres mais dicas, consulta o site do turismo de Guimarães.