20 séries a não perder em 2018

Depois daquele que quase toda a gente parece considerar um ano mau, 2017 sai na mó de cima no que toca às séries que nos trouxe. O ano que lhe segue tem a árdua tarefa de o acompanhar, e as apostas vão recair naquilo que funcionou este ano: dramas com crítica social. Para que não percas nada, reunimos as séries que prometem marcar 2018.

Grown-ish

Data de estreia: 3 de janeiro, Freeform 

O spin-off de Black-ish. Em Grown-ish, Zoey (Yara Shahidi), passa a ter o seu próprio espaço e ao contrário das sitcoms normais, podemos acompanhá-la durante a nova fase da sua vida: o início da faculdade. Saber lidar com os desafios que esta mudança acarreta é o desafio de Zoey, enquanto que Grown-ish tem que romper com a corrente e tornar-se num spin-off de sucesso.

9-1-1

Data de estreia: 3 de janeiro, FOX

Ryan Murphy e Brad Falchuk não param, e vão ter outra série em exibição em 2018. 9-1-1, ou se quisermos ‘aporteguesar‘ as coisas, 112, acompanha a vida dos polícias, bombeiros e médicos que estão do outro lado da linha de uma emergência. Estes produtores são conhecidos por gostar de repetir caras e de American Horror Story vêm Angela Bassett e Connie Britton emprestadas.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=1&v=h6dh6_SQHQA

The Chi

Data de estreia: 7 de janeiro, Showtime

Depois de ser a primeira mulher negra a ganhar um Emmy pelo seu trabalho, nos guiões de Master of None, Lena Waithe, começa 2018 com uma série de drama. Em The Chi, um grupo de habitantes do South Side da cidade de Chicago vê as suas vidas interligadas por uma mera coincidência. As tensões raciais e sociais, e a violência no bairro são alguns dos temas que The Chi vai abordar.

 

Alone Together

Data de estreia: 10 de janeiro, Freeform

Criado por The Lonely Island, Alone Together apresenta-se como uma mudança nas séries de comédia que têm um rapaz e uma rapariga como protagonistas. Esther Povitsky e Benji Aflalo são protagonistas que levam dos atores até o próprio nome. Em  Alone Together vão ser aqueles típicos amigos a quem toda a gente pergunta se são um casal, quando na verdade apenas têm uma ligação que fica no meio entre aquilo que se espera de uma amizade e de uma relação amorosa.

Black Lightning

Data de estreia: 16 de janeiro, CW

O universo de super-heróis da CW volta a aumentar. Em 2018 é a vez de Black Lightning ganhar a sua própria série. Depois de nove anos de pausa, e com a chegada do gang The One Hundred, Cress Williams (Jefferson Pierce), volta a agir para proteger a sua família. A série promete abordar temas como o racismo e a violência policial.

Por enquanto, e como Black Lightning se passa noutro universo, não estão previstas interações com qualquer uma das outras quatro séries da DC Comics em exibição no canal.

https://www.youtube.com/watch?v=IxcX2qVOnoM

The Resident 

Data de estreia: 21 de janeiro, FOX

“A medicina não é praticada por santos, é um negócio” avisa Emily VanCamp que depois de Revenge dá vida a Nic. Em The Resident as expectativas idealistas de Devon Pravesh (Manish Dayal) são postas à prova ao lidar com um médico mais cínico do que esperava – Conrad Hawkins (Matt Czuchry).  Mostrar este lado mais obscuro da medicina e da vida nos hospitais é precisamente a razão pela qual The Resident pode marcar a diferença no mundo dos dramas médicos.

Counterpart

Data de estreia: 21 de janeiro, Starz 

Howard Silk trabalha uma agência de espionagem em Berlim. Tem uma vida bastante normal até ao dia em que descobre que devido às experiências científicas levadas a cabo durante a Guerra Fria existe um mundo paralelo, onde existem outras versões de nós mesmos. Howard vai ter que trabalhar com o seu outro eu para proteger a sua mulher quando os assassinos da outra dimensão começam invadir a sua.

Com J.K Simmons em dose dupla e com uma trama deste tipo, não são precisas mais razões para dar uma oportunidade a Counterpart.

Mosaic

Data de estreia: 22 de janeiro, HBO

São seis episódios exibidos durante cinco dias e que prometem uma experiência de storytelling diferente. “Não é uma série e não é um filme. É outra coisa” avisa Steven Soderbergh, realizador de Mosaic. Para ter acesso a mais conteúdo, e desvendar o homicídio, cada utilizador pode escolher o seu próprio caminho através da aplicação disponível para iOS e Android.

Alienist 

Data de estreia: 22 de janeiro, TNT

Uma série de época que promete entrar nas mentes de assassinos em série. Baseado no romance homónimo de Caleb Carr, The Alienist, entra nos primórdios da psicologia criminal e dos efeitos dos media nos crimes, enquanto se investigam os assassínios de prostitutos em Nova York durante 1896. Com Daniel Bruhl, Luke Evans e Dakota Fanning nos papéis principais, a série aborda problemas políticos e sociais como as desigualdades de género.

 

Waco 

Data de estreia: 24 de janeiro, Paramount Network

Baseado em eventos reais, os seis episódios de Waco, pretendem mostrar as diferentes perspectivas do que aconteceu na cidade do Texas que dá nome à série em 1993. O confronto entre o líder do culto religioso The Branch Davidians e o FBI durante 51 dias vai ser posto no pequeno ecrã, naquele é que um dos primeiros grandes projetos das estação. David Koresh é interpretado por Taylor Kitsch, e Waco conta ainda com a participação de Melissa Benoist (Glee, Supergirl).

https://www.youtube.com/watch?v=TyJMdoHaHyM

Altered Carbon 

Data de estreia: 2 de fevereiro, Netflix

Depois de Black Mirror, Stranger Things e Dark a Netflix volta a arriscar na ficção científica. Altered Carbon decorre no século XXV, numa altura em que a morte já não é permanente e as memórias são apenas descarregadas para um novo corpo. Joel Kinnann dá vida a Takeshi Kovacs, um soldado que renasce depois da sua mente estar aprisionada durante 250 anos.

LEMBRA: ‘ALTERED CARBON’: A FICÇÃO CIENTÍFICA DA NETFLIX JÁ TEM TRAILER

Good Girls

Data de estreia: 26 de fevereiro, NBC 

Descrita como uma mistura entre Thelma and Louise e Breaking Bad, a nova série da NBC acompanha três mães dos subúrbios depois de assaltarem uma loja. Os motivos que as levam a cometer o crime têm que ver com os seus filhos e os seus maridos, mas principalmente com elas mesmas e por verem naquele dinheiro uma oportunidade para mudarem as suas vidas. O problema chega quando esse dinheiro parecer trazer-lhes mais dores de cabeça do que alegrias.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=1&v=-iZQnAcpZmU

The Looming Tower 

Data de estreia: 28 de fevereiro, Hulu 

Uma adaptação televisiva do livro de Lawrence Wright que ganhou um Pulitzer. Durante os 10 episódios que compõem esta série limitada, os eventos que levaram ao 11 de setembro vão ser explorados. As rivalidade entre o FBI e a CIA podem ter facilitado o acesso dos terroristas aos EUA e é precisamente aí que a trama da série se baseia.

Krypton 

Data de estreia: março de 2018, SyFy 

Uma prequela da história do Superhomem, antes de chegar ao planeta Terra. Tal como o próprio nome indica, durante o tempo em que decorre a série, Krypton ainda existe e é a vida do avô de Kal-El, Seg-El, que somos levados a acompanhar. Este tem como missão restaurar a honra da família que foi ostracizada na sua própria sociedade.

Com um elenco repleto de caras novas, o nome mais sonante vem dos bastidores, já que David S. Goyer, responsável por Batman vs Superman está também por detrás de Krypton.

 

Heathers 

Data de estreia: 6 de março, Paramount Network

O filme de culto de 1988 ganha agora uma versão televisiva. Heathers acompanha a estrutura social de um liceu comandado pelas populares Heathers. A diferença é que em 2018 estas raparigas populares e mean girls não são aquilo que se esperava deste tipo de realeza do secundário nos anos 80, trazendo uma atualidade e diversidade maiores à série.

https://www.youtube.com/watch?v=pyoPli3NMtI

Sharp Objects 

Data de estreia: junho de 2018, HBO

Maniac

Sem data de estreia, Netflix

Emma Stone, Jonah Hill e Justin Theroux são alguns dos nomes de peso deste remake. Baseado na comédia norueguesa de 2014, Maniac acompanha Espen, um paciente de um centro psiquiátrico que foge da realidade para se refugiar no mundo fantástico que a sua cabeça criou. A premissa inicial vai-se manter, pelo que te deixamos o trailer da série original para saberes com o que podes contar.

 

You 

Sem data de estreia, Lifetime 

Baseado no best-seller homónimo de Caroline Kepnes, You traz de volta ao pequeno ecrã duas caras bastante conhecidas: Penn Badgley (Gossip Girl) e Shay Mitchell (Pretty Little Liars). You fala do amor no século XXI e da influência que as tecnologias podem ter nas relações amorosas. Apesar de a premissa não apresentar grandes novidades, o facto de Greg Berlanti ter dedicado tempo a produzir a série, e com estes dois atores como protagonistas, vale a pena espreitar.

Unsolved 

Sem data de estreia, USA Network

Tupac e Notorious B.I.G são lendas no mundo do hip-hop que foram assassinadas quando estavam no auge da sua carreira em dois crimes que ainda estão por resolver. A primeira temporada desta antologia vai-se basear nestes crimes, nas vidas dos polícias que os tentaram desvendar e nas teorias que até hoje não tem confirmação.

 

Castle Rock 

Sem data de estreia, Hulu 

Um dos projetos mais ambiciosos da carreira de Stephen King. O autor juntou-se a J.J. Abrams, e nesta antologia de terror pretende unir diversas partes dos universos criados por si nos seus livros. Castle Rock é a cidade onde todos os eventos macabros vão ter lugar e para os fãs da obra de Stephen King, esta é uma cidade conhecida já que é referida em diferentes títulos.

Das adaptações cinematográficas estão em Castle Rock, Sissy Spacek (Carrie) e Bill Skarsgard (IT 2017) ainda que o teaser não deixe antever quais serão as suas personagens, o que aguça ainda mais a curiosidade.

 

https://www.youtube.com/watch?v=K3U7Z94NHgg