O Grande Showman, filme que traz Hugh Jackman novamente ao mundo dos musicais após Os Miseráveis (2012) – que lhe rendeu uma nomeação ao Óscar de Melhor Ator -, estreia hoje nas salas de cinema portuguesas.

Realizado por Michael Gracey e com um argumento de Jenny Bicks e Bill Condon, O Grande Showman é um musical que celebra o surgimento do show business inspirado pela ambição e imaginação de P.T. Barnum, um visionário do seu tempo que surgiu do nada para criar um espectáculo estrondoso que se tornou um êxito mundial.

Para além de Hugh Jackman no papel do empresário norte-americano, o filme conta ainda com Michelle Williams, como Charity Barnum, sua esposa, Zac Efron e Zendaya nos papéis principais.

Apesar de ser mais frequentemente associado a Wolverine da saga X-Men ou a Jean Valjean do aclamado Os Miseráveis, Jackman confidenciou que O Grande Showman é a sua “passion piece”, acompanhando o projeto desde 2009.

No CinemaCon deste ano, o ator que dá vida ao empresário do século XIX revelou que espera que Showman seja “uma celebração da criatividade e daquilo que há de único em cada um de nós”. Em declarações à Vogue, o ator e produtor australiano afirmou ainda a necessidade de fazer jus ao homem que ele acredita ter impulsionado a criação do show business: “Isto é Barnum! É preciso superar os limites”.

Apesar de uma crítica profundamente dividida, o musical de Gracey conquistou três nomeações para a edição dos Globos de Ouro do próximo ano, competindo nas categorias de Melhor Filme – Comédia ou Musical; Melhor Ator (pela interpretação de Jackman) e Melhor Canção Original pela peça de Benj Pasek e Justin Paul, “This is Me”.

Está em exibição nas salas nacionais a partir desta quinta-feira (28).