Sony reúne dicas de quatro fotógrafos para as “melhores fotografias de inverno”

A Sony convidou quatro fotógrafos europeus a capturar imagens com a luz própria do inverno que acaba de chegar. Samuel Aranda, Robert Maschke, Bertrand Bernager e Maki Galimberti utilizaram a lente SEL100F28GM e a câmara a7RIII. Todos têm dicas que te vão ajudar a tirar boas fotografias e a aproveitar o melhor desta época.

“A luz é tão caprichosa e imprevisível que aparece quando menos se espera e nos lugares mais improváveis”, considera o fotógrafo espanhol Samuel Aranda. Uma vez que os dias nesta altura do inverno ainda são curtos e, por isso, mais escuros, o fotógrafo sugere o uso de lentes fixas e luminosas, adequadas a condições de pouca luz. Uma lente que permita uma maior abertura do diafragma é outra das sugestões, pois proporciona um desfocado que consegue dar destaque a um objeto ou a um retrato.

Fotografia: Samuel Aranda

O fotógrafo Robert Maschke sugere que a distância entre a câmara e o modelo fotografado deve ser igual à distância existente entre o modelo e a fonte de luz em segundo plano. O alemão recomenda a procura por luzes brilhantes para fundo das imagens, como luzes de carros ou árvores de Natal, que dão brilho à fotografia.

Fotografia: Robert Maschke

Bertrand Bernager considera que a lente e a câmara utilizadas permitem uma focagem automática muito rápida, principalmente no modo Eye-AF. Segundo o fotógrafo francês, este modo é adequado para fotografias de retrato porque a câmara segue o olhar de forma permanente.

Fotografia: Bertrand Bernager

Nos dias de inverno a passagem da luz do dia para a noite escura acontece rapidamente e, por isso, o fotógrafo Maki Galimberti sugere a utilização das luzes e das sombras para “pintar as fotos”. Para o fotógrafo italiano, as luzes e as sombras criam imagens detalhadas com alguma desfocagem em segundo plano.

Fotografia: Maki Galimberti

Sony World Photography Awards, um dos principais concursos de fotografia do mundo

Este ano o concurso de fotografia que resulta da parceria entre a World Photography Organisation e a Sony comemora o décimo aniversário. A competição premeia os melhores em quatro vertentes: conjuntos de fotografias em dez categorias diferentes; uma só fotografia em dez categorias distintas; uma só fotografia captada por um jovem (entre os 12 e os 19 anos); fotografias tiradas por estudantes da área.

O concurso destaca ainda os melhores fotógrafos nacionais dos países participantes. Este ano o vencedor português foi Luís Godinho, com uma imagem do Senegal captada durante uma missão humanitária da Assistência Médica Internacional (AMI).

Fotografia: Luís Godinho
Mais Artigos
As novas séries do Disney+ Star.
Disney+. Estas são as séries da Star que não podes perder