Universidade de Aveiro (UA) vai atribuir o título de Doutor Honoris Causa à bailarina e coreógrafa Olga Roriz, numa cerimónia a ter lugar na Reitoria no dia 15 deste mês, no âmbito do 44.ª aniversário da instituição.

A proposta da reconhecida distinção partiu do próprio reitor da UA, Manuel António Assunção, e foi de seguida aceite e subscrita pelos professores João Rocha e João Torrão.

Esta atribuição, aprovada por unanimidade pelo Conselho Científico, associa a instituição «ao prestígio e reputação que o nome de Olga Roriz, impreterivelmente, acarreta. Algo que fazemos com a emoção, própria e profunda, de um Campus que Sente», explicou o reitor em comunicado.

Manuel António Assunção destaca, ainda, a importância da dança como expressão dos sentimentos e das emoções.

Honoris Causa

Foto: página oficial de Olga Roriz no Facebook

Neste sentido, o doutoramento Honoris Causa de Olga Roriz é apenas «um ato de enaltecimento ao talento», acrescenta.

Uma vida dedicada à dança

Olga Roriz é natural de Viana do Castelo.

Tem formação artística na área da dança. Frequentou os cursos da Escolas de Dança do Teatro Nacional de S. Carlos e do Conservatório Nacional de Lisboa.

Entre 1976 e 1992, integrou o elenco do Ballet Gulbenkian, sob a direção de Jorge Salavisa, tendo sido a primeira bailarina e coreógrafa principal.

Em maio de 1992, assumiu a direção artística da Companhia de Dança de Lisboa.

Fundou a Companhia Olga Roriz, em fevereiro de 1995, onde é diretora e coreógrafa.

Já trabalhou com coreógrafos reconhecidos, como Alvin Nokolais, Louis Falco, HansVan Manen, Vasco Wellemkamp, Karine Saporta e Christopher Bruce.

(Re)criou peças para inúmeras companhias nacionais e estrangeiras, como o Ballet Gulbenkian e Companhia Nacional de Bailado (Portugal), Ballet Teatro Guaira (Brasil), Ballets de Monte Carlo (Mónaco), Ballet Nacional de Espanha, English National Ballet (Inglaterra), American Reportory Ballet (Estados Unidos), Maggio Danza e Alla Scala (Itália).

Olga Roriz tem uma vasta obra de criação artística.

O seu reportório é constituído por mais de 90 obras, nas áreas da dança, do teatro e do vídeo.

Destacam-se as peças Treze Gestos de um Corpo, Isolda, Casta Diva, Pedro e Inês, Propriedade Privada, Electra, Pets, A Cidade e A Sagração da Primavera.

Realizou 3 filmes: Felicitações Madame, A Sesta e Interiores.

Honoris Causa

Foto: página oficial de Olga Roriz no Facebook

Alguns dos seus trabalhos foram apresentados nas principais capitais Europeias, como nos Estados Unidos da América, Brasil, Japão, Egito, Cabo Verde, Senegal, Tailândia, Macau, Moçambique e Coreia do Sul.

LÊ TAMBÉM: ENTREVISTA EF. OLGA RORIZ: “A DANÇA É A MINHA FORMA DE ESTAR, DE ME RECRIAR E DE VIVER.”

…com merecido reconhecimento

A bailarina e coreógrafa foi distinguida com a insígnia da Ordem do Infante D. Henrique (2004), Grande Prémio da Sociedade Portuguesa de Autores (2008) e o Prémio da Latinidade (2012).

A cerimónia que distingue uma figura importante do mundo da arte e dança, atribuindo o título Doutor Honoris Causa à talentosa bailarina e coreógrafa Olga Roriz, realiza-se no próximo dia 15, pelas 10h15, na Reitoria da Universidade de Aveiro. Esta contará também com a presença do próprio reitor, Manuel António Assunção.

LÊ TAMBÉM: NATAL RIMA COM MUSICAL: ESPETÁCULOS PARA VER EM FAMÍLIA ESTE NATAL