Aveiro acolhe, até 3 de dezembro, o festival de fotografia e vídeo National Geographic Exodus Aveiro FestCom o apoio da National Geographic, o evento promete ser um momento de partilha de experiências.

O Centro de Congressos de Aveiro é palco do festival internacional de fotografia e vídeo de viagem e aventura National Geographic Exodus Aveiro FestNaquela que é a sua primeira edição, o festival conta já com a presença de alguns dos mais bem conceituados profissionais, vindos de vários cantos do mundo.

“Abrir as portas do mundo, juntando os melhores profissionais destas áreas para falarem das suas vidas, partilharem os seus projetos e inspirar” é a missão do festival. Pretende-se suscitar a inovação e promover o surgimento de novas ideias, num evento que une recordações palpáveis de expedições aos lugares mais remotos do planeta e reminiscências de desafios radicais e verdadeiras provas de superação humana.

O fotógrafo Reza Deghati é a primeira personalidade a ser homenageada no National Geographic Exodus Aveiro Fest, enquanto Personalidade do Ano Exodus. Todos os anos será destacado um profissional cuja carreira se paute pela realização de trabalhos marcantes e cuja história se vincule com a dedicação a causas humanitárias, sociais e/ou ambientais.

Reza já viajou por mais de 100 países e a sua carreira estende-se por mais de 30 anos. National Geographic, Newsweek e Time Magazine são só alguns dos nomes que integram o seu repertório. O fotógrafo apoia, ainda, inúmeras causas sociais. Há 35 anos que ensina fotografia a vítimas de conflitos armados, para que encontrem na criação de imagem a paz que lhes fora roubada.

De entre as personalidades presentes no evento, destaca-se Ami Vitale. Embaixadora da Nikon e fotógrafa da National Geographic, já percorreu mais de 90 países onde presenciou cenários de guerra, contraiu malária e assistiu a grandes catástrofes naturais.

Lê também: HÁ PRESENTES COM ASSINATURA PORTUGUESA NO MERCADO DO CAMPO PEQUENO

https://www.instagram.com/p/BcGUVwZFNXE/?taken-by=amivitale

Salienta-se igualmente Elia Locardi, a “encarnação perfeita do fotógrafo de viagem” uma vez que, em 2012, abraçou a vida nómada e não possui casa própria. Embaixador Internacional da Fujifilm, escritor e orador, é também um dos fotógrafos de viagem mais requisitado enquanto formador.

https://www.instagram.com/p/BW4-lEjgFlj/?taken-by=elialocardi

De realçar ainda o fotógrafo português Mário Cruz, que integrou a equipa da agência LUSA / EPA aos 19 anos de idade. Em 2012 iniciou o seu percurso profissional na área do fotojornalismo e em três anos recebeu seis grandes prémios, como o Winner of World Press Photo – Contemporary Issues e o Winner of Picture of the Years International.

https://www.instagram.com/p/Bbg_koohQ46/?taken-by=_mariocruzphoto

Ao Espalha-Factos o fotógrafo referiu que encontra inspiração para o seu trabalho “no poder da fotografia como prova e denúncia. A capacidade de criar discussão e ação é uma inspiração contínua”, que espera “sentir por muito tempo”. Mário revelou ainda que o festival excedeu as suas expectativas. “Embora projetasse o melhor para o festival nunca pensei encontrar uma moldura humana com esta dimensão. E, mesmo tendo essa audiência enorme o festival conseguiu ter um ambiente próximo e de certa forma familiar, o que é extremamente importante para a troca de ideias e experiências.”
Mário aconselha ainda aos jovens fotógrafos “muita dedicação e perceber bem a importância do factor tempo num trabalho fotográfico.”

Shams, GMB Akash0, Pete McBride, Michael Clark, Konsta Punkka, Jody MacDonald e Oliver Astrologo são outros nomes convidados do evento, que conta com Exposições Fotográficas, Speaking Sessions, Travel Talks, Masterclasses, Atividades de Enriquecimento Criativo, Stands de Apresentação de Novas Tecnologias e Late Night Sessions.