Numa época em que substituímos os utensílios tradicionais por aplicações digitais, os mapas não são exceção. A aplicação do Google Maps tem sido cada vez mais utilizada no nosso dia-a-dia, mas não muda há algum tempo. A otimização chegou agora com uma nova atualização.

Com a necessidade de inovar e diferenciar o serviço, o Google Maps apresenta uma atualização que mostra o desejo de individualizar e personalizar ao máximo a experiência do utilizador. Desta forma, aquilo que vês na aplicação passa a ser contextualizado de acordo com o meio de transporte que estás a utilizar.

google maps

A aplicação foca-se em mostrar ao utilizador o que tem à sua volta que será de particular interesse. Para quem viaja de carro, mostra bombas de abastecimento, enquanto que quem viaja de transportes públicos verá outras estações próximas.

Foram adicionados novos ícones, nomeadamente de distinção dentro da categoria geral, com um esquema cromático renovado. Quando a fome aperta, é só procurar pelo ponto laranja, se a barriga começar a doer é ver o ponto rosa.

google maps

Quem está a visitar uma nova cidade também pode utilizar a aplicação para descobrir monumentos e cantinhos da cidade.

A atividade do utilizador nas outras aplicações da Google vai ser tida em conta no Maps. Se receber a confirmação de uma reserva pelo Gmail, por exemplo, ou ao marcar eventos no calendário.

Estas mudanças vão chegar ao longo das próximas semanas aos produtos da Google que incorporam os mapas, como o Google Earth e o Android Auto. Um pouco mais tarde alcançam as aplicações e serviços que utilizam a API do Google Maps.

A última atualização da aplicação foi em 2013 para o desktop, e apenas no ano seguinte para a versão mobile. Desta vez, a atualização esta disponível nas versões web, android e IOS.