O espetáculo Peter Pan, inspirado nos quadros da pintora Paula Rego, chegou ao Teatro Municipal Mirita Casimiro, no Estoril, depois de uma breve passagem pelo Centro Comercial Colombo, em setembro.

Nas palavras do cenógrafo, Fernando Alvarez, os cenários e figurinos da peça resultam de uma procura de “equilíbrio entre o mundo infantil e cruel e o adulto, fantasioso e secreto” presentes nos quadros da pintora Paula Rego.

Com uma estética fiel à obra da artista que inspirou esta adaptação de Miguel Graça, o espetáculo encenado por Carlos Avilez assinala o 52.º aniversário do Teatro Experimental de Cascais.

Nesta versão, que reconta a história escrita por James Matthew Barrie em 1904, não faltam os personagens já conhecidos do público como o Capitão, Wendy, os meninos perdidos ou a Fada Sininho.

O actor e cantor FF (Fernando Fernandes), que foi Peter Pan na versão apresentada no Centro Comercial Colombo, é agora substituído pelo actor José Condessa na pele do personagem principal, enquanto a maioria do elenco original se mantém.

peter pan

José Condessa como Peter Pan | foto: divulgação

O caráter intemporal e universal da história e do protagonista prometem atrair e fascinar todos os tipos de público, dos mais jovens aos mais velhos, numa correspondência com as faixas etárias do próprio elenco, que inclui o veterano Ruy de Carvalho como narrador.

Da literatura à pintura, da pintura ao teatro

peter pan

Bárbara Branco como Wendy | foto: divulgação

Este espetáculo foi inicialmente desenvolvido no âmbito da exposição O Mundo Fantástico de Paula Rego, patente durante alguns meses no Centro Comercial Colombo.

Em agosto de 2017 foram introduzidas na exposição as imagens que compõem a série Peter Pan, um conjunto de 21 gravuras de 1992 baseadas na clássica obra literária e que serviram de inspiração para uma nova adaptação teatral deste clássico intemporal.

O espetáculo está classificado para maiores de seis anos e está em cena no Teatro Municipal Mirita Casimiro, no Estoril, até ao dia 24 de dezembro, com várias sessões de sexta a domingo.

Os bilhetes estão à venda nos locais habituais no valor de 10 euros.

LÊ TAMBÉM: CLARA, UM ESPETÁCULO DE SENSIBILIZAÇÃO PARA A FIBROSE QUÍSTICA