Ana Galvão vai assumir as tardes da Rádio Renascença, pondo fim a um longo percurso na Antena 3

A animadora ficará ao leme das emissões da emissora católica entre as 16h00 e as 20h00, onde se estreia a 27 de novembro com um programa que quer “olhar para o mundo e para o país“. De acordo com a estação, o formato destacará “o que Portugal tem de melhor” e fará uma seleção do que “mais divertido e essencial acontece nas redes sociais“, revelando também “a atualidade da música e da cultura“.

Ana Galvão, que já conta com 24 anos de rádio, admitiu ter recebido o convite com alegria. “Aqui na Renascença há muito espaço para a rádio falada, que foi a que sempre gostei mais de escutar. Sempre fui ouvinte da Renascença porque apostou sempre muito na palavra e na relação com o ouvinte. Fiquei muito feliz com este convite“, acrescentou a locutora.

A saída da profissional da rádio pública foi revelada no fim de outubro pelo ex-marido, Nuno Markl, que na altura disse estar “certo de que a nova aventura profissional que vai abraçar em breve vai ser épica e ela estará à altura do desafio“.

A contratação do ano

Ana Galvão, que protagoniza “a contratação do ano na rádio” para o jornal Expresso, nasceu em Madrid, onde viveu até à adolescência. Num currículo com mais de duas décadas, conta com passagens pela Rádio Comercial da Linha, Rádio Marginal e Rádio Expo (projeto da RDP para a Expo 98). Há 18 anos que estava na Antena 3, onde a maratona solidária Toca a Todos – 73 horas de rádio ininterruptas – foi um dos seus projetos mais notáveis.

A sua experiência passou também pela televisão, onde apresentou ao lado de Nuno Markl o programa Animais Anónimos. Foi ainda repórter dos extintos Top+, Só Visto e Portugal no Coração.