Pela primeira vez como ator, António Raminhos é um dos protagonistas da peça Jacaré, escrita por Cláudio Torres Gonzaga. O espetáculo estreou na passada quinta-feira e fica apenas em cena até hoje, no Teatro Armando Cortez, em Lisboa.

Habituado a pisar palcos em espetáculos de stand-up comedy, António Raminhos aventura-se agora no teatro, ao lado de Abbadhia Vieira.

Jacaré conta a história de um guia turístico e de uma turista que são perseguidos por um jacaré. Os protagonistas acabam por ficar presos numa árvore e têm de decidir qual dos dois sobrevive.

Se não conseguiste ver ontem, hoje tens ainda uma hipótese para ir até ao Teatro Armando Cortez, em Lisboa, às 22h00. A peça, de Cláudio Torres Gonzaga, sobe depois ao mesmo palco para mais apresentações, entre 25 e 28 de janeiro e 1 e 4 de fevereiro de 2018.

Em março, Jacaré ruma até ao Teatro Sá da Bandeira, no Porto, onde ficará em cena de dia 5 a dia 14 desse mês. Os bilhetes já se encontram à venda e custam 15 euros.

António Raminhos

Foto: divulgação

O autor de Jacaré

Jacaré foi escrito por Cláudio Torres Gonzaga, humorista e argumentista brasileiro. Como redator da rede Globo, Gonzaga trabalhou no programa Jacaré . Escreveu também para Zorra Total, Malhação e Sai de Baixo e dirigiu a peça Enfim Nós, em parceria com Bruno Mazzeo.

O humorista faz parte de Comédia em Pé, um show de stand up comedy no Rio de Janeiro que conta com Fernando Caruso, Fábio Porchat e Paulo Carvalho.

Raminhos, o humorista e agora ator

O humorista ficou conhecido em programas como Sempre em Pé, 5 para a meia-noite e Dança com as Estrelas. O seu canal do Youtube tem mais de 200 mil subscritores e soma mais de 35 milhões de visualizações.

António Raminhos marca também presença no Café da Manhã na RFM.

LÊ TAMBÉM: ISTO NÃO É UMA CADEIRA: O JOGO TEATRAL QUE UNE PÚBLICO E ATORES CHEGA ESTA SEMANA AOS PALCOS