A transmissão em simultâneo, pela RTP1, SIC e TVI, do jogo entre Portugal e a Arábia Saudita, permitiu a vários programas da RTP2 e RTP Memória alcançarem novos máximos de audiência.

O canal-arquivo da estação pública foi a alternativa, principalmente entre os espectadores que apenas têm acesso à TDT, para quem não quis ver o encontro desportivo. Entre aqueles que não são clientes da TV paga, a RTP Memória foi o quarto canal mais visto.

Soldados da Fortuna (1,3%/3,0%) e Os Três Duques (1,6%/3,4%), dois dos maiores sucessos da estação, mantiveram os bons resultados habituais, com a segunda a registar o máximo de share do ano. A série Conta-me como Foi, em reposição desde o mês passado, também alcançou a sua melhor audiência: 0,9% de rating e 2,1% de share.

A média diária desta sexta (10), de 1,7% de share, entra para a lista dos melhores dias do canal. Quase 90% da audiência é constituída por espectadores da TDT.

A RTP2 conquistou também um dos melhores resultados dos últimos meses, com 2,2% de quota diária. A contribuir para o resultado estiveram a série sueca A Teia, que marcou 1,3% de audiência média e 3% de share, mas também o filme O Paciente Inglês, com 1,2% de audiência média e 4,9% de share.

RTP1 foi a preferida para ver o jogo

A RTP1 também saiu beneficiada. Embora a transmissão do encontro fosse semelhante nos três canais, os portugueses preferiram acompanhar o jogo de futebol através do canal estatal, que saltou para um share diário de 15,1%, pouco menos que a SIC, que marcou 15,9%. A TVI liderou o dia com 19,5%.

Seleção Nacional

Fotografia: Federação Portuguesa de Futebol

O encontro teve uma audiência combinada de 26,6%, quando somada a audiência dos três canais. Registou 10% na RTP1, 9,1% na TVI e 7,5% na SIC. Se somados os shares, o valor total é de 57,8%. A emissão solidária, que volta a repetir-se na próxima terça-feira com o jogo contra os Estados Unidos, conseguiu angariar mais de 360 mil euros para as vítimas dos incêndios.