Muito mudou após a saída de Barack Obama da presidência dos EUA, mas Obama ainda não parou um segundo. O último destaque do ex-Presidente vai para a cimeira que organizou em Chicago através da sua fundação, a Obama Foundation: um evento sobre liderança e ativismo com a participação de muitas caras conhecidas.

Uma cimeira com melhor cartaz que muitos festivais

Política, ativismo e liderança à parte, várias estrelas do panorama musical encerraram o evento. O rapper Common e Lin-Manuel Miranda participaram numa conferência sobre a relação entre a arte e o ativismo.

Mais tarde, Aziz Ansari apoderou-se do palco para anunciar uma das surpresas da noite, Nas. Já Michelle e Barack Obama juntaram-se a Chance the Rapper antes de este se aventurar em Dear Theodosia, uma das faixas do musical Hamilton.

Mais tarde, foram os The National que brilharam com algumas músicas do seu longo repertório. The System Only Dreams In Total Darkness, de Sleep Well Beast, iniciou a viagem que culminaria nas clássicas Bloodbuzz Ohio e Fake Empire.

Obama provou que, para além de organizar uma cimeira de carácter político e social, conseguiu reunir vários artistas em prol de uma causa comum: fazer por um futuro com mais e melhor diálogo para dar uma voz significativa aos jovens, alcançar objetivos políticos através de meios apolíticos.