A Globo Portugal vai reforçar a presença de novelas inéditas na sua grelha, depois de a SIC ter abdicado de novelas brasileiras ao fim da tarde. As novas novelas vão substituir as reposições emitidas às 19h35 e às 21h10.

A primeira das várias estreias no canal será no horário das 20h15, até agora a única faixa de novelas inéditas. Rock Story chega à Globo no próximo dia 2, substituindo Sol Nascente.

A novela, que no Brasil ocupava a faixa das 19h00 e terminou em junho, acompanha a história de Guilherme (Vladimir Brichta), um cantor rock apaixonado pela esposa Diana (Alinne Moraes). O envolvimento entre ambos vai além do casamento, uma vez que ela é diretora artística da editora do seu pai, Gordo (Herson Capri), o único que ainda dá algum crédito ao cantor.

Amor e música são os ingredientes de ‘Rock Story’ (Foto: Globo)

Irresponsável e descontrolado com as finanças, Gui perde quase tudo depois depois de uma discussão com Léo Régis (Rafael Vitti), ídolo pop do momento. Ele acusa o jovem de ter roubado “Sonha Comigo”, a canção que poderia ser sua oportunidade de ressurgir das cinzas. Além disso, Gui descobre que Léo também conquistou Diana. Quando Gui acredita ter chegado ao fundo do poço, a vida do roqueiro cruza-se com a de Júlia (Nathalia Dill), por quem se apaixona.

Na segunda-feira seguinte (dia 6) às 21h10 estreia Pega Pega, em substituição de Fina Estampa. A trama, que é a actual “novela das sete” da Globo no Brasil, é uma comédia romântica policial que tem como ponto de partida o assalto ao Carioca Palace e uma série de acontecimentos que este desencadeia. O porteiro Malagueta (Marcelo Serrado), o garçon Julio (Thiago Martins), a camareira Sandra Helena (Nanda Costa) e o recepcionista Agnaldo (João Baldasserini) são responsáveis pelo roubo de 40 milhões de dólares do cofre durante a festa de 25 anos da herdeira Luiza Guimarães (Camila Queiroz).

Um assalto milionário num hotel dá o mote para ‘Pega Pega’ (Foto: Globo)

A culpa acaba por recair injustamente sobre Eric (Mateus Solano), por quem Luiza está apaixonada. A liderar as investigações do roubo ao Carioca Palace está Antônia (Vanessa Giácomo). Apesar de ser muito racional no trabalho, Antônia não consegue controlar o coração e, sem querer, acaba por apaixonar-se por um dos autores do assalto.

Lê também: Globo comemora resultados históricos em Portugal

Finalmente, para substituir O Profeta, às 19h35, a Globo aposta a partir de dia 13 em Tempo de Amar, também recém-estreada no outro lado do Atlântico. Protagonizada pelo bem conhecido dos portugueses Bruno Cabrerizo (Inácio) e pela estreante Vitória Stada (Maria Vitória), a história escrita por Alcides Nogueira promove uma viagem a Portugal na década de 1920.

Os olhares de Maria Vitória e Inácio encontram-se nas festividades da Semana Santa em Morros Verdes, uma aldeia fictícia inspirada em Linhares da Beira. Apaixonado, Inácio não medirá esforços para lutar pelo amor de Maria Vitória, mesmo com todos os obstáculos que surgirão pelo caminho. Amar Pelos Dois, música de Salvador Sobral vencedora do Festival Eurovisão da Canção, foi o tema escolhido para o genérico de Tempo de Amar.

A estas três novelas nunca emitidas em Portugal somam-se duas repetições. O horário das 17h40 continua entregue aos clássicos, atualmente com Mulheres de Areia em exibição. Às 22h, A Favorita estreia já no dia 30 de outubro e substitui Senhora do Destino.

SIC reduz novelas da Globo ao mínimo

Este aumento do número de novelas inéditas na Globo Portugal surge na sequência do menor interesse da SIC nas produções da parceira brasileira.

A sequência de fracassos no horário das 19 horas, que culminou com os maus resultados de Novo Mundo, levou a estação de Carnaxide a fazer outras apostas para o fim de tarde, até ao momento sem grande sucesso. O horário está agora entregue a Hernâni Carvalho, que conduz em direto o programa Linha Aberta.

Pela primeira vez na história da estação, a SIC exibe apenas uma novela brasileira ao final da noite. A Força do Querer tem dado bons resultados à SIC na faixa da meia-noite, aproveitando o mau desempenho dos reality show da TVI. Na passada segunda-feira a novela bateu o seu recorde de share: 28,2%, com uma audiência de 5,6% (541 mil espectadores).

Apesar do menor peso da Globo na programação da SIC, para já a aposta nas tramas brasileiras no late night é para manter. O Outro Lado do Paraíso, a “novela das nove” que esta semana substituiu A Força do Querer no Brasil, já foi anunciada pela SIC na apresentação da sua grelha.