Fonte: Wikiwand

MEO Arena vai mudar de nome

Na próxima segunda-feira, o grupo francês Altice vai realizar no espaço de eventos do Parque das Nações um encontro com mais de 1500 convidados, para anunciar a mudança do nome da Meo Arena.

No evento, vão estar presentes representantes de universidades, várias startups e mais de uma centena de executivos do grupo à escala mundial. Ao que tudo aponta, o antigo Pavilhão Atlântico vai passar a chamar-se Altice Arena.

Recorde-se que já em maio a empresa anunciou o desejo de unir todas as marcas do grupo em apenas uma. Em Portugal não foi diferente: 2018 foi a data limite estabelecida para fazer o rebranding das restantes marcas.

Exemplos disso ao longo do ano foram a integração da Meo como empresa detida pela Altice ou, em setembro, o jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões entre os jogadores do FC Porto e os turcos do Besiktas, no qual os equipamentos já apresentavam o logótipo da Altice em detrimento da marca Meo.

A progressiva unificação das diferentes marcas tem-se registado em eventos de maior exposição mediática, de forma a dar a conhecer ao mundo a Altice e a divulgar a marca. Daí a decisão de mudar o nome da Meo Arena, das maiores salas de espetáculos em Portugal e que pode albergar eventos de grande popularidade, tais como concertos, a Web Summit ou até mesmo a Eurovisão.

De acordo com o Diário de Notícias, o rebranding pode também alastrar-se aos festivais Meo Marés Vivas e Meo Sudoeste que, se tudo correr como previsto, vão passar a chamar-se Altice Marés Vivas e Altice Sudoeste, respetivamente.

Para uma maior exposição em todo o processo de rebranding, está prevista uma campanha de televisão e publicidade para assinalar a mudança do nome da Meo Arena.

Mais Artigos
espalha-factos-anatomia-de-grey-2
Séries de TV protagonizadas por médicos fazem doações aos hospitais