Quem quer rir, ponha a mão no ar. Estreia já esta sexta-feira (13) a comédia de Miguel Thiré, Cidade Maravilhosa, onde o Rio de Janeiro é apresentado por quatro cariocas apenas com gestos. Um espetáculo em cena no Chapitô, até dia 26 de novembro.

Como um quatro em um, Cidade Maravilhosa transforma Miguel Thiré em quatro personagens distintas. O ator dá corpo a diferentes personalidades, estaturas e histórias, num solo de 50 minutos de comédia cuja banda sonora é o silêncio.

cartaz cidade maravilhosa miguel thiré

Foto: divulgação

Mas, afinal, que cidade maravilhosa é esta?

O gesto assume o papel principal nesta peça de comédia, onde se reúnem quatro histórias distintas de um quotidiano em vésperas do Carnaval no Rio de Janeiro.

Através da mímica, ficamos a conhecer as divagações de uma senhora idosa e a sua fúria por aqueles que não levam a cabo compromissos; um menino que vive na rua tão livre como um cão; um rapaz homossexual que sofre de transtorno obsessivo-compulsivo e que precisa de salvar o namorado suicida; um empregado de uma padaria que em vez de levantar uma encomenda se fica por uma cerveja no bar.

Tendo estudado teatro mímico e físico, Miguel Thiré assina a interpretação e criação de Cidade Maravilhosa, estreado em 2015, a par do irmão Carlos Artur Thiré e de Igor Angelkorte.

Para ver em Lisboa

Após ser apresentada uma única vez no Bartô, Cidade Maravilhosa regressa para uma temporada mais extensa, desta vez em Lisboa. Um espétaculo de comédia a ver no Chapitô, durante os fins de semana até dia 26 de novembro, com bilhetes a partir dos 5 euros.

LÊ TAMBÉM: AVENIDA Q: MUSICAL EM CENA ATÉ NOVEMBRO NO CASINO LISBOA