2 milhões e 428 mil portugueses vibraram com o apuramento da seleção nacional para o Mundial 2018 através da RTP1. O jogo decisivo registou 25,1% de audiência média e 51,5% de share, tornando-se no programa de maior audiência de 2017.

A transmissão do jogo valeu à RTP1 a liderança diária nesta terça-feira, com 21,5% de share. A TVI registou 19,5% de quota de mercado, seguida pela SIC com 15,3%.

É o melhor share diário para a estação pública desde 28 de junho (24,0%), o dia em que o Chile retirou a Portugal um lugar na final da Taça das Confederações. Esse Portugal X Chile era até ontem o programa mais visto do ano, com 24,7% / 57,4%.

Durante o período em que o Portugal x Suíça foi emitido, entre as 19h33 e as 21h37, a TVI marcou 6,8% / 14,1%, e a SIC registou uma média de 5,4% / 11,0%.

Futebol ajuda RTP1 e leva novelas a mínimos

Como seria de esperar, o jogo da seleção nacional causou mossa nas estações privadas. Tanto o Jornal da Noite (6,3% / 12,4%) como o Jornal das 8 (6,5% / 12,9%) perderam parte significativa da sua audiência habitual.

De seguida, foi a vez de as novelas sofrerem o impacto do futebol na RTP1. A Herdeira registou mínimos de rating (13,3%) e de share (26,8%), mas manteve-se como a novela mais vista e foi líder no horário. No entanto, teve de esperar que a flash interview do jogo (16,2% / 31,2%) terminasse para tomar a dianteira.

Na SIC, Paixão teve mais dificuldade em aguentar o impacto do jogo, e registou 11,1 pontos de audiência e um novo mínimo de share: 22,1%.

O Portugal x Suíça deu também algum embalo ao fragilizado horário nobre da RTP1. O concurso Brainstorm, emitido às 22h02, teve números muito superiores aos habituais naquele horário: 6,8% de rating e 14,3% de share.

De seguida, a série nacional A Criação (2,5% / 7,0%) e a comédia britânica Amor a Quanto Obrigas (1,7% / 5,6%) aproveitaram para bater máximos de audiência e de share, embora tenham continuado a léguas das novelas das privadas.

Outros destaques do dia
  • A série islandesa Encurralados estreou esta terça-feira na RTP2, tendo registado 0,9% de rating (83 mil espectadores) e 2,0% de share.
  • A RTP3 esteve em destaque no final da tarde. O Notícias 3 às 18, que acompanhou a declaração de Carles Puigdemont no parlamento da Catalunha, registou o melhor share do ano: 4,5%, com uma audiência de 1,0%. De seguida, às 18h53, a antevisão do Portugal x Suíça marcou 1,2% / 4,0%.
  • O programa SOS24, emitido às 13h59 na TVI, conseguiu o seu melhor share: 24,2%, com uma audiência de 4,7%. O espaço informativo ficou em segundo lugar no horário, atrás da SIC.