A Lady Garden reuniu várias artistas britânicas para uma campanha de sensibilização para os cancros ginecológicos.  Naomi Campbell, Cara, Poppy e Chloe Delevingne são algumas das mulheres que participam na campanha.

Esta associação de apoio às vítimas do cancro lançou uma coleção de t-shirts com fins solidários que pretendem sensibilizar as mulheres para estas doenças e ainda permitir a angariação de fundos para investigação médica e farmacêutica.

A campanha da Lady Garden está rodeada de um enorme simbolismo. Nela, um grupo de mulheres surge sem calças e pousa com uma flor que protege a área genital relembrando a importância da prevenção, cuidado e informação sobre os vários tipos de cancro que afetam a população feminina, entre eles os cancros do colo do útero e dos ovários.

https://www.instagram.com/p/BZnhichHxBC/?taken-by=iamnaomicampbell

Alertar as mulheres para a importância de terem conhecimento e domínio sobre os seus próprios corpos é uma das mensagens mais fortes da campanha. A Lady Garden defende que a abertura e esclarecimento sobre este tipo de problemas são o caminho mais seguro para a prevenção e tratamento, pensamento que tem sido também divulgado pelas próprias protagonistas.

Cara Delevingne junta-se a Poppy Delevingne, Chloe Delevingne, Suki Waterhouse e Charlotte Tilbury nesta campanha, sendo um dos seus rostos principais. Através das redes sociais, a atriz e modelo fez uma forte divulgação do movimento deixando uma alerta especial não só para as mulheres mas também para o publico masculino.“Eu realmente acredito que homens e mulheres deveriam compreender os seus corpos”.

Lê também: MUSEU DO ORIENTE VAI TRAZER A COREIA DO SUL ATÉ LISBOA

Mika Simmons, atriz e fundadora da organização, afirma que uma maioria da mulheres ainda sente desconforto na abordagem de temas sobre a área da ginecologia, sobretudo aos seus médicos.

Sendo esta uma causa muito especial para Simmons, cuja mãe faleceu vitima de cancro do ovário, a atriz pretende encorajar as mulheres a fazerem exames de prevenção. Em entrevista à Vogue confessou sentir-se “Sortuda” por estar rodeada de um grupo de mulheres  “fortes e inspiradoras” para a dinamização da campanha.

“É importante continuar a divulgar a mensagem chave: os cancros ginecológicos ainda são pouco compreendidos, mal diagnosticados ou quando já é muito tarde, e tratado com a medicação errada”

Além da possibilidade de apoiar esta organização através de doações diretas online, podes também faze-lo através da compra das t-shirts da coleção, existentes em quatro modelos diferentes e disponíveis a partir desta quinta-feira (5) nas lojas selfridges e Black Score.