Amor Maior terminou ontem após mais de um ano no ar. A novela da SIC, que estreou a 12 de setembro de 2016, despediu-se este sábado (30) a liderar as audiências e com o melhor share do ano.

O desfecho na história de Clara (Sara Matos) conquistou 16,1% de audiência média e 34,1% de share, conquistando a audiência de 1 milhão e 555 mil espectadores. Durante a transmissão deste último episódio, a SIC esteve sempre na liderança isolada.

O bom resultado do desfecho não foi, no entanto, a melhor audiência do folhetim do terceiro canal. O máximo ficou para o episódio do dia 25 de setembro, com 16,3% de audiência média.

No melhor minuto, às 22h40, a novela alcançou um pico de 16,8% de audiência média e 38,3% de share.

72% dos espectadores estavam acima do Tejo

Dos 1.555.300 que viram o capítulo final de Amor Maior, 72% vivem na região Norte ou Centro do país. Nestas duas regiões, a novela alcançou 39 e 40,7% de share, respetivamente, conseguindo maior preponderância que nas regiões a Sul.

Em Lisboa (24,9% de share), Alentejo (28,3%) e Algarve (21,3%), o interesse pelo fim da novela da SIC foi bem mais moderado que nas zonas a norte do Rio Tejo.

A divisão não se fez notar tanto ao nível etário, apesar da maior afinidade se verificar entre os espectadores com mais de 45 anos. A noite de sábado ficou marcada por um consumo especialmente baixo nos públicos entre os 4 e os 34 anos.

Nas classes ou estratos sociais, o público preponderante foi o das classes E (Baixa) e D (Média Baixa), que constituíram 70% dos espectadores que assistiram à novela. Estas são, também, as classes maioritárias na sociedade portuguesa.

Valores Total Dia (Live+VOSDAL) para 30 de setembro de 2017. Dados de audiência da GfK/CAEM.