Black Klansman: Spike Lee

Um negro infiltrado no Ku Klux Klan protagoniza novo filme de Spike Lee

Spike Lee (Malcolm X) está a planear trazer para o grande ecrã a história de Black Klansman. É o relato real de um homem negro que se conseguiu infiltrar na organização racista Ku Klux Klan. O projeto será produzido por Jordan Peele, realizador de Foge (2017).

O acontecimento passou-se no final da década de 1970, quando Ron Stallworth, um detective da polícia respondeu a um anúncio de jornal que pedia a entrada de novos membros no Klan.

Após isso, tornou-se infiltrado, comunicando com a organização por telefone e outros meios de comunicação à distância. Para os eventos em que precisava de estar presente enviava um homem branco para o representar. Stallworth conseguiu infiltrar-se de tal forma que foi subindo dentro da organização. Graças a isso, conseguiu sabotar vários atos de terrorismo por parte do grupo.

Ron Stallworth viria a escrever acerca das suas experiências no livro Black Klansman (2014). O argumento que adapta o livro conta com a escrita de Charlie WachtelDavid Rabinowitz, Kevin Willmont e do próprio Spike Lee. Espera-se que o filme seja protagonizado por John David Washington, filho do ator Denzel Washington.

A película ainda está em fase de pré-produção, mas não terá qualquer relação com The Black Klansmen (1966), um filme blaxploitation cuja narrativa também apresentou um homem negro que se infiltrou nos Ku Klux Klan, mas nesse caso para vingar a morte da sua família.

Mais Artigos
Bento Rodrigues conduziu o Primeiro Jornal no dia da leitura da decisão sobre a Operação Marquês.
Audiências. Operação Marquês dá melhor resultado do ano a ‘Primeiro Jornal’