Já começou a 10.ª edição da Rota de Tapas e com ela volta o conhecido formato: uma tapa e uma cerveja por 3€. Promovido pela Estrella Damm, o evento decorre até dia 8 de outubro em Lisboa, Porto, Braga e Faro.

Em Lisboa são 30 os restaurantes que aderiram a esta edição e que até outubro vão ter disponíveis uma tapa, criada especialmente para a rota, que na capital se centra sobretudo na zona da Baixa, Bica, Bairro Alto e Cais do Sodré.

O Espalha-Factos experimentou algumas das sugestões desta edição que “revela já um upgrade do evento inicial, com mais restaurantes mas também com tapas cada vez mais interessantes e inovadoras”, refere Vanessa Germano, Brand Manager da Estrella Damm, em comunicado.

É de tuk tuk e com um grupo de amigos que se pode percorrer as ruas e ruelas da cidade, em busca da melhor tapa lisboeta, mas quem preferir -e já que há três dezenas de possibilidades – pode fazer várias rotas, divididas geograficamente, e experimentar os restaurantes mais próximos, andando a pé.

A nossa Rota de Tapas

Começámos pelo Tágide. Com uma estrela Michelin e situado em pleno Chiado, nem precisamos de entrar para saber que é ali que tudo começa. Uma esplanada, com um elétrico em tons amarelo e azul – “um elétrico chamado Tágide” – desperta desde logo à atenção.

Espera-nos o chefe Gonçalo Costa, que nos apresenta “Carne à Ribatejana com pickles e geleia de pimentos”. Servido numa lata de atum e inspirado na ‘matança do porco’ que fazia na sua terra, o chefe adverte para o facto de esta não ser uma “tapa fina, mas uma tapa saborosa”. Tivemos de concordar.

A acompanhar, a Estrella Damm, claro. A cerveja com origem em Barcelona só chegou a Portugal há cinco anos, mas há mais de uma centena que conquistou o coração dos espanhóis. É por isso que a Rota de Tapas oferece sempre uma viagem a Barcelona, explica Elsa CerqueiraMarketing Manager da Estrella Damm.

Para a representante da marca, conquistar a quota de mercado não é ainda o objetivo, num país dominado por um duopólio no que se refere à cerveja. Ainda assim, Elsa considera este um “programa vencedor”, que aos poucos se tem espalhado pelo país e que na última edição chegou a Faro.

O conceito, uma tapa e uma cerveja, também parece importado do nosso país vizinho, mestres em “conviver, estar com os amigos e saborear uma boa cerveja”, enquanto comem as conhecidas tapas.

Elsa Cerqueira, Marketing Manager da Estrella Damm

É de tuk tuk que vamos até à paragem seguinte, desta vez para provar a tapa “Chamei-lhe um Figo!!”. Recebem-nos na Velha Gaiteira, um restaurante típico e acolhedor, onde provamos lombinho de porco ibérico com queijo chevre e doce de figo acompanhado de puré de batata doce, abóbora e maçã reineta aromatizado com lima. Demorámos mais a dizer o nome que a comer a tapa, mas não podemos dizer que não estava boa. O figo é que foi mais difícil de encontrar.

Segundo carimbo recolhido. Só falta um e já podemos destacar a parte correspondente do mapa e deixá-la num dos restaurantes aderentes. Com três carimbos habilitamo-nos ao sorteio da viagem a Barcelona.

Quem quiser pode ainda votar na sua tapa preferida. Porque os restaurantes também estão a concurso. O Prémio do consumidor dita a tapa favorita de quem fez a rota. Mais tarde, um júri da Escola de Hotelaria do Estoril vai eleger a Escolha Profissional.

É de volta ao tuk tuk que seguimos para a Rua Duques de Bragança. Podíamos ficar no Cantinho do Avillez, mas fomos mesmo para a Tasca do Lado. Assim se chama aquele que deve ser um dos restaurantes mais pequenos de Lisboa e que nesta edição serve “Migas de Bacalhau na Tapa”, uma pequena tigela com bacalhau, broa de milho, salsa, alho, cebola, louro e azeite, para acompanhar a anfitriã da rota, a cerveja Estrella Damm.

Rota de Tapas

Há mais sugestões para saborear

A nossa experiência ficou por aqui, mas são muitas as tapas que ficaram por provar. Consulta a lista seguinte dos restaurantes e respetivas tapas disponíveis até dia 8 de outubro, em Lisboa.

Tapas do Bairro – Tapinha do Tapas

Limoncello – Mexilhão Agridoce

Velha Gaiteira – Chamei-lhe um Figo!!

Tapas Bar 47 – Mini Burguer Toureiro

Tapas Bar 28 – Mini Burguer Matraquilho

Saara Lounge – Saara

Tapa Bucho – Regresso do Rabo de Boi

Sabores na Travessa – Mini Burguer à Cortador

O Reserva – Mini Hamburguer Reserva

Nectar Wine Bar – Misto à Nectar

Fumeiro – Misto à Fumeiro

Navegadoors – Tapanacura

Carinho do Vinho – Brise de Outono

Os Bons Malandros – Taquitos

A Tasca do Lado – Migas de Bacalhau na Tapa

Deli – Alentejo Tropical

Meet us ao Carmo – Pica prego na batata

A Maria não Deixa – Cogumelos surpresa

Pop Out the Can – Trilogia de Bacalhau

Castrobeer – Moelas à Castro

Santa Bica – Cascas de batata com maionese de ervas

Oficina do Duque – Corneto

Croissant Gigante – 1/4

Bossa – Escondidinho de camarão com queijo da serra

Arco da Velha – Tapa amiga

Maruto Bar & Bistro – Tiborna de Bacalhau

Wine Bar – Misto de Pastel de Bacalhau

Há Piteu – Mimos da Avó

Um Eléctrico Chamado Tágide – Carne à Ribatejana com pickles e geleia de pimentos

Reviravolta – Divina Mar e Terra