Depois de uma semana repleta de fugas de informação, a Apple anunciou, sem surpresas, os seus novos equipamentos móveis: iPhone 8, iPhone X, e a terceira iteração do seu Apple Watch.

O evento de apresentação dos novos equipamentos decorreu na terça-feira, dia 12, no auditório Steve Jobs dentro do novo Apple Park, em homenagem à figura incontornável que transportou a Apple para as luzes da ribalta, e teve início com as palavras de apreço de Tim Cook, atual CEO da empresa, pelo seu mentor e antecessor.

Lembra: Apple pode anunciar novos iPhones a 12 de setembro

O primeiro equipamento a ser anunciado foi o Apple Watch Series 3, a terceira versão do smartwatch da Apple que, agora, contará com um módulo de conexão móvel incorporado dentro do próprio Apple Watch. A ideia é a de tornar o equipamento totalmente independente do iPhone permitindo, assim, que o utilizador possa deixar o telemóvel em casa e equipar apenas o smartwatch tendo como garantia que continuará a estar contactável via iMessage e número telefónico.

iphone x

Apple Watch Series 3 (Fotografia: Apple)

No entanto, em Portugal só estará a venda, para já, a versão Series 3 do Apple Watch sem módulo de conectividade móvel. As novas versões do Apple Watch estarão disponíveis nos tamanhos 38 e 42 milímetros de diâmetro, com um custo de 379 e 409 euros, respetivamente.

A segunda ronda de apresentações tratou de confirmar o que já se especulava há meses: a chegada de uma nova Apple TV que será capaz de reproduzir nativamente conteúdo em resolução 4K. A nível de hardware, esta nova Apple TV virá munida do processador A10X Fusion, presente no atual iPad Pro, e de 3gb de memória RAM, permitindo assim uma reprodução estável de até 60 frames por segundo de conteúdo audiovisual.

A nova versão da Apple TV estará disponível para reserva a partir do dia 15 de setembro e a venda ao público começará a dia 22 do mesmo mês, com um custo de 199 euros na versão de 32Gb ou 219 euros na versão de 64gb de armazenamento.

iPhone 8: “mais do que inteligente. Brilhante.” Diz a Apple

O novo iPhone 8 apresenta-se com um design ligeiramente diferente do seu antecessor, com a parte traseira revestida em vidro por forma a permitir carregamento sem fios da bateria do equipamento. Esta nova funcionalidade será compatível com o modelo padrão de carregamento Qi, ou seja, a capacidade de obter carregamento induzido através de um outro equipamento compatível que estará por debaixo do iPhone.

iphone x

iPhone 8 e iPhone 8 Plus (Fotografia: Apple)

O AirPower foi um dos equipamentos anunciados, produzidos pela própria Apple, que permitirá o carregamento simultâneo sem fios dos novos iPhone 8, iPhone X e Apple Watch e estará disponível a partir de 2018.

O ecrã do novo iPhone 8 apresenta também algumas diferenças com a introdução da funcionalidade True Tone (até agora presente apenas nos iPad Pro de 12.9 e 9.7 polegadas. A funcionalidade visa ajustar, de forma automática, a temperatura da cor que o display apresenta consoante a iluminação envolvente do utilizador, permitindo uma melhor experiência visual face às mudanças de luz.

Este novo iPhone virá equipado com o novo processador A11 Bionic e câmaras melhoradas, embora estas mantenham o sensor de 12 megapixels já presente desde o iPhone 6s, lançado em 2015.

iphone x

AirPower permite carregar vários iDevices (Fotografia: Apple)

O novo iPhone 8 estará disponível a partir de 22 de setembro por 829 euros na versão de 64gb e 1,009 euros na versão de 256gb de armazenamento. Nas mesmas versões de capacidade, o iPhone 8 Plus custará  939 e 1,119 euros, respetivamente.

iPhone X é um piscar de olho ao futuro

A estrela da apresentação foi, sem dúvida alguma, o tão falado iPhone X (lê-se dez) que promete marcar versões futuras do smartphone mais conhecido do mundo. Este novo iPhone, que vem complicar todo o lineup atual da Apple, apresenta-se com um display sem margens laterais e inferiores e, com isso, sem o tão famoso botão principal onde residia o sensor de impressão digital mais conhecido por TouchID.

iphone x

O novo bezel-less iPhone X (Fotografia: Apple)

O ecrã presente no iPhone X é de natureza OLED com 5.8 polegadas e a gigante de Cupertino denominou-o de Super Retina Display, com uma resolução de 1125 x 2436 pixels. No display, mais especificamente na zona superior, encontram-se embutidos alguns sensores necessários ao normal funcionamento do novo modo de desbloqueio: FaceID. 

A ideia é substituir o desbloqueio via impressão digital por um sistema de desbloqueio via reconhecimento facial que, garantiu a Apple durante a apresentação, irá adaptar-se às mudanças faciais do utilizador e não poderá ser contornado através do uso fotografias, por exemplo.

O desaparecimento do botão principal leva o utilizador a adoptar novos gestos de modo a navegar pelo iPhone de forma intuitiva. Para acordar o display do iPhone X, por exemplo, poderá ser utilizada a funcionalidade raise to wake ou um simples toque no ecrã. Dentro de uma aplicação basta deslizar o dedo para cima para regressar à página principal onde surgirão todas as aplicações instaladas pelo utilizador.

iphone x

iPhone X (Fotografia: Apple)

O novo iPhone X só chegará ao mercado em meados de novembro e o preço é o maior ponto de discussão entre os fãs mais acérrimos da marca da maçã. O equipamento estará disponível nas versões de 64 e 256gb com um custo total de 1,179 e 1,359 euros, respetivamente.

O atual lineup de smartphones da Apple fica, assim, constituído pelo iPhone SE, iPhone 6s, iPhone 7, iPhone 8 e, por fim, iPhone X.