Rumores recentes sugerem que o Twitter está a testar uma funcionalidade que permite aos utilizadores a criação de tweetstorms, isto é, tweets em cadeia que, após redigidos, serão instantaneamente publicados.

Matt Navarra, responsável pelo departamento de gestão de redes sociais da The Next Webrecebeu imagens exclusivas da nova ferramenta em funcionamento num telemóvel com o sistema operativo Android. Os screenshots foram enviados, através do Twitter, por um utilizador de pseudónimo Devesh Logendran.

tweetstorm

Nova funcionalidade de tweetstorms (Fotografia: Techcrunch)

Nas imagens é possível ver a criação de vários tweets em cadeia, ordenadamente enumerados para uma leitura coerente e concisa. Esta nova ferramenta, caso venha a ser disponibilizada a todos os utilizadores, virá também acompanhada de um novo botão que permitirá publicar todos os tweets de um tópico de forma instantânea.

tweetstorms

Tweetstorms publicados instantaneamente (Fotografia: Techcrunch)

Embora a equipa de comunicação do Twitter se tenha recusado a tecer comentários relativamente aos rumores, sabe-se, segundo a Techcrunch, que a funcionalidade não está a ser testada publicamente e que, por isso, será difícil prever se alguma vez será disponibilizada a todos os utilizadores da rede social.

A criação de tweetstorms tem vindo a tornar-se cada vez mais comum no Twitter, especialmente em debates cuja complexidade natural dos argumentos e das ideias expressadas excedem, em larga escala, o limite de 140 caracteres imposto pela plataforma.

Atualmente, a criação de tópicos longos de vários tweets implica que o utilizador tenha de responder à sua mensagem anterior. Isso, para além de consumir tempo, poderá levar a enganos que tornem a comunicação ilegível ou difícil de entender.

Este foco por parte do Twitter em simplificar a comunicação dos seus utilizadores não é novidade. Em bom rigor, a plataforma digital deixou de contabilizar para o limite de 140 caracteres de cada tweet a utilização de nomes de utilizador em mensagens de resposta, e conteúdo audiovisual – como imagens, gifs ou vídeos – incorporado na própria publicação.

Lê também: Twitter melhora medidas contra assédio na rede social

Foi também durante este ano que a empresa introduziu a implementação de filtros, possibilitando aos utilizadores o bloqueio temporário ou permanente de palavras e frases como forma de combate a possíveis comportamentos abusivos dentro da plataforma digital.

Esta ideia, tal como a possível introdução de uma nova funcionalidade de tweetstorms, é a de tornar a comunicação mais segura, menos limitativa, e mais acessível ao público mainstream. Isto, claro, se a disponibilizarem para as massas.