O Teatro Maria Matos deu mais um passo na luta por um ambiente mais sustentável. A redução em 60% do consumo de papel e a adoção de estratégias de comunicação centradas no meio digital fazem parte da nova política verde do teatro lisboeta.

“Concluímos que mais de 90% do nosso investimento de comunicação era gasto na produção e distribuição de materiais em papel e que, ao mesmo tempo, os meios de divulgação digital se tinham tornado plataformas tão ou mais eficientes”, explicam os responsáveis pelo teatro em comunicado. Esta foi a principal razão que levou à adoção de novas estratégias, mais ecológicas e centradas no meio digital.

O papel não será, a partir da nova época de 2017/2018, o meio de divulgação preferido, dando o seu lugar ao novo website do teatro.

Mais que um website, uma experiência interativa

Artistas, programadores e convidados semanais vão juntar-se, a partir de agora, para dinamizar e enriquecer o espaço digital dedicado ao Teatro Maria Matos, onde os visitantes poderão aceder a imagens de bastidores, vídeos de ensaios, reportagens e entrevistas. Quem quiser recordar o passado poderá fazê-lo através do arquivo do novo site, conhecendo de forma dinâmica a história do teatro que nasceu em 1969.

Quem preferir o presente, poderá acompanhar semanalmente o podcast, que esta semana contou com a presença de Catarina Medina, diretora de comunicação do Teatro Maria Matos, que fez questão de explicar em que se vão traduzir as novas mudanças.

“Continuaremos a ter uma brochura bimestral, vamos continuar a estar presentes na rua com cartazes, mas o centro disto tudo vai ser o site”, explica Catarina no podcast. “Estamos mais próximos de ser um teatro mais verde”, conclui.

Mais verde e mais inclusivo, não estivesse o site também acessível a deficientes visuais. “Do espaço arquitetónico à comunicação, passando pela programação e pelo atendimento ao público, o Teatro Maria Matos é cada vez mais de todos e para todos”, refere o comunicado. A disponibilização de rede wi-fi em todo o espaço do teatro é também um convite para que o público possa aceder aos conteúdos online.

No caminho para a utopia verde

Teatro Maria Matos

Mas não só do novo site se faz o caminho para a “utopia verde” em que o Teatro Maria Matos acredita. Ao nível da energia, redução de consumo, reciclagem e transportes estão a ser também adotadas algumas medidas mais sustentáveis, que incluem o limite de utilização do sistema de ar condicionado, a eliminação do uso de copos e garrafas de plástico, a utilização de detergentes biodegradáveis e a colocação de parques de bicicletas junto ao teatro, entre outras medidas.

Os teatros da cidade de Londres emitem cerca de 50 000 toneladas de CO2 por ano, o que equivale às emissões anuais de 9 mil casas. Estes números alertaram os responsáveis pelo Teatro Maria Matos para um problema que poderia ser semelhante em Portugal e que contribuiu para que, desde 2011, toda a equipa trabalhasse no sentido de um teatro verde. Para tal contribuíram iniciativas como a conferência internacional Dois Graus – Arte, Alterações Climáticas e Desenvolvimento Sustentável e o ciclo As 3 Ecologias.