Teatro Maria Matos caminha para a “utopia verde”

O Teatro Maria Matos deu mais um passo na luta por um ambiente mais sustentável. A redução em 60% do consumo de papel e a adoção de estratégias de comunicação centradas no meio digital fazem parte da nova política verde do teatro lisboeta.

“Concluímos que mais de 90% do nosso investimento de comunicação era gasto na produção e distribuição de materiais em papel e que, ao mesmo tempo, os meios de divulgação digital se tinham tornado plataformas tão ou mais eficientes”, explicam os responsáveis pelo teatro em comunicado. Esta foi a principal razão que levou à adoção de novas estratégias, mais ecológicas e centradas no meio digital.

O papel não será, a partir da nova época de 2017/2018, o meio de divulgação preferido, dando o seu lugar ao novo website do teatro.

Mais que um website, uma experiência interativa

Artistas, programadores e convidados semanais vão juntar-se, a partir de agora, para dinamizar e enriquecer o espaço digital dedicado ao Teatro Maria Matos, onde os visitantes poderão aceder a imagens de bastidores, vídeos de ensaios, reportagens e entrevistas. Quem quiser recordar o passado poderá fazê-lo através do arquivo do novo site, conhecendo de forma dinâmica a história do teatro que nasceu em 1969.

Quem preferir o presente, poderá acompanhar semanalmente o podcast, que esta semana contou com a presença de Catarina Medina, diretora de comunicação do Teatro Maria Matos, que fez questão de explicar em que se vão traduzir as novas mudanças.

“Continuaremos a ter uma brochura bimestral, vamos continuar a estar presentes na rua com cartazes, mas o centro disto tudo vai ser o site”, explica Catarina no podcast. “Estamos mais próximos de ser um teatro mais verde”, conclui.

Mais verde e mais inclusivo, não estivesse o site também acessível a deficientes visuais. “Do espaço arquitetónico à comunicação, passando pela programação e pelo atendimento ao público, o Teatro Maria Matos é cada vez mais de todos e para todos”, refere o comunicado. A disponibilização de rede wi-fi em todo o espaço do teatro é também um convite para que o público possa aceder aos conteúdos online.

No caminho para a utopia verde

Teatro Maria Matos

Mas não só do novo site se faz o caminho para a “utopia verde” em que o Teatro Maria Matos acredita. Ao nível da energia, redução de consumo, reciclagem e transportes estão a ser também adotadas algumas medidas mais sustentáveis, que incluem o limite de utilização do sistema de ar condicionado, a eliminação do uso de copos e garrafas de plástico, a utilização de detergentes biodegradáveis e a colocação de parques de bicicletas junto ao teatro, entre outras medidas.

Os teatros da cidade de Londres emitem cerca de 50 000 toneladas de CO2 por ano, o que equivale às emissões anuais de 9 mil casas. Estes números alertaram os responsáveis pelo Teatro Maria Matos para um problema que poderia ser semelhante em Portugal e que contribuiu para que, desde 2011, toda a equipa trabalhasse no sentido de um teatro verde. Para tal contribuíram iniciativas como a conferência internacional Dois Graus – Arte, Alterações Climáticas e Desenvolvimento Sustentável e o ciclo As 3 Ecologias. 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Sabrina Spellman
Netflix cancela ‘As Arrepiantes Aventuras de Sabrina’