Elle francesa bate recordes com Brigitte Macron na capa

Esta foi a primeira entrevista de Brigitte Macron – que não foi oficialmente nomeada Primeira Dama – após o seu marido ter sido eleito Presidente da República de França, em maio.

A revista Elle bateu o seu recorde de vendas, da edição francesa, da última década numa edição dedicada a Brigitte Macron, esposa do presidente francês, registando um número de vendas superior a 530 mil exemplares. Na edição publicada no dia 18 de agosto, Brigitte Macron deu a sua primeira entrevista desde a eleição do marido, Emmanuel Macron, a 7 de maio.

Ao longo de 10 páginas, a esposa do presidente francês falou sobre os seus primeiros tempos no Palácio do Eliseu – sede da presidência francesa.

https://www.instagram.com/p/BX3VlyNhOsP/?taken-by=ellefr

De acordo com o Journal du Dimanche, nas redes sociais, a entrevista a Brigitte Macron alcançou 30 milhões de visitas, com destaque para a Alemanha e Estados Unidos.

À Elle francesa também falou sobre o seu casamento com Emmanuel Macron – “O único defeito do Emmanuel é ser mais novo que eu”, afirmou, relembrando a diferença de 25 anos que existe entre os dois (ela tem 64 e ele 39). “Com o Emmanuel estou tão acostumada a que coisas extraordinárias aconteçam comigo, que me pergunto sempre qual irá ser a próxima aventura”, acrescentou.

Brigitte não tem oficialmente o título de primeira-dama, mas vai representar o país e apoiar instituições de caridade. Durante a campanha presidencial, Emmanuel Macron tinha proposto a criação do título de primeira-dama em França, mas desistiu da ideia após uma petição contra a proposta ter reunido mais de 300 mil assinaturas em três semanas. Brigitte Macron vai assumir assim um papel público que será definido por uma carta de transparência que especificará as suas missões e dos meios que tem à sua disposição.

“Quando leio as coisas sobre o nosso casamento, tenho a impressão de que estou a ler a história de outra pessoa. No entanto, a nossa história é muito simples”, garantiu.

A história de amor de Macron e Brigitte

Fotografia: Reuters

Conheceram-se quando Emmanuel Macron tinha apenas 15 anos, em 1994. Brigitte Trogneux dava aulas de teatro na escola secundária que o, agora, Presidente frânces frequentava. Quando o jovem atingiu a maioridade, os dois começaram a namorar em segredo e Brigitte Trogneux acabou por divorciar-se. À data, Brigitte já era mãe de três filhos. Em 2007 casaram.

 O estigma da diferença de idades foi um dos motivos pelos quais Macron viu a sua vida privada ser escrutinada pela imprensa, aquando da corrida eleitoral.
Mais Artigos
Festival da Canção no Fita Isoladora
Podcast. Quais são as nossas favoritas no Festival da Canção 2021?