Carolina Herrera não é certamente a primeira designer a preferir outro espaço para fazer os seus modelos desfilar durante a Semana da Moda em Nova Iorque, mas é pioneira a apresentar uma coleção no Museu de Arte Moderna da cidade. O MoMA foi o local escolhido para que a designer venezuelana mostrasse as suas propostas para a primavera/verão de 2018.

O dia 11 de setembro foi o reservado para o desfile no jardim Abby Aldrich Rockefeller Sculpture do museu. Ao contrário do que tem sido habitual, a apresentação da coleção vai ser à noite, às 20:00 horas (1h da manhã em Portugal Continental).

“Como designer, é uma enorme honra que me tenham permitido apresentar o meu trabalho no MoMA, um dos maiores museus de arte moderna do mundo.”, contou Carolina Herrera à BoF. Apesar de o Museu de Arte Moderna já ter organizado algumas pequenas apresentações, a designer vai ser a primeira a organizar o desfile neste emblemático museu.

Lê também: QUAIS SÃO AS MARCAS DE MODA DO MOMENTO?

Além da coleção primavera/verão 2018, espera-se que também a de outono/inverno do mesmo ano seja apresentada no MoMA, em fevereiro. No entanto, o local exato ainda está por determinar, uma vez que nessa altura estará demasiado frio no jardim.

Esta novidade foi sendo revelada na conta de Instagram da marca, onde têm sido publicados pequenos vídeos que relembram os espaços onde já foram feitos desfiles. O Metropolitan Club, em 1981, foi o primeiro local de apresentação da coleção, seguido do Bryant Park, Lincoln Center e The Frick Collection.

Enquanto que Carolina Herrera apenas mudou o local do seu desfile para este museu, outros designers que normalmente apresentam as suas coleções durante a semana da moda em Nova Iorque decidiram abandonar a cidade este ano. Rodarte, Monique Lhuillier e Joseph Altuzarra vão faze-lo em Paris. Já Ralph Lauren vai mostrar as propostas para o outono de 2017 em sua casa, em Bedford, Nova Iorque.