São duas as novidades para os amantes de séries: A Netflix, famosa plataforma de vídeo em streaming, cancelou Gypsy após uma temporada e renovou Glow para uma segunda temporada ainda sem data de estreia anunciada.

Gypsy é mais uma das produções a juntar-se a uma lista cada vez maior de séries canceladas em que constam nomes como Bloodline, Marco Polo, The Get Down, e Sense8 (com um filme de duas horas anunciado para breve). A série que levou à estreia de Naomi Watts na televisão chegou à plataforma digital em meados de junho e foi agora cancelada, para surpresa de muitos.

Lê também: Sense8 foi cancelada… mas pouco

Em Gypsy, a personagem interpretada por Watts é Jean Halloway, uma psicóloga que ao longo de toda a série vai desenvolvendo relações com pessoas relacionadas com as vidas dos seus pacientes, transgredindo todas as barreiras éticas e morais a que a sua profissão obriga.

gypsy

Naomi Watts no papel de Jean Halloway (Fotografia: Netflix)

Além de existirem rumores de uma possível renovação para uma segunda temporada, toda a equipa responsável pela produção da série estava há semanas em planeamentos e reuniões de modo a dar vida ao argumento que viria a constituir a trama da próxima temporada.

Mas nem tudo são más notícias: a Netflix anunciou também que Glow irá ser renovada para uma segunda temporada, ainda que não exista – para já – uma data de estreia definida. A série retrata a vida de Ruth, que se inscreve para um programa semanal de luta livre para mulheres, intitulado Gorgeous Ladies Of Wrestling

Toda a produção é uma homenagem sentida, em jeito de comédia, a todo o universo do wrestling, que acompanhou tantas gerações até aos dias de hoje. Em bom rigor, o nome do programa em que a personagem Ruth entra e dá nome à série, é inspirado num programa do mesmo nome que foi exibido na televisão norte-americana entre 1986 e 1989.