Depois de Eternos Rivais, a RTP2 aposta em mais uma minissérie alemã para as noites de segunda a sexta-feira. Filhos da Guerra estreia esta segunda-feira (14) e os seus seis episódios serão emitidos por volta das 22 horas.

A ação da série tem início nas vésperas da invasão da União Soviética pelas tropas alemãs, no verão de 1941. Wilhelm, Friedhelm, Charlotte, Greta e Viktor encontram-se num bar em Berlim para uma festa de despedida. Os cinco amigos combinam o reencontro no Natal, imaginando que nessa altura já a guerra teria terminado.

Os irmãos Wilhelm e Friedhelm servem no exército alemão e estão de partida para a frente de batalha. Charlotte, uma jovem enfermeira apaixonada por Wilhelm, pede transferência para um hospital de campanha próximo da região onde está destacado o pelotão de Wilhelm. Greta, uma talentosa cantora em início de carreira, está apaixonada por Viktor, um jovem alfaiate judeu que fará de tudo para salvar.

Controversa dentro e fora da Alemanha

Unsere Mütter, Unsere Väter dividiu opiniões assim que estreou na Alemanha, em 2013, e a polémica em torno da série ultrapassou fronteiras. Apesar do sucesso de audiências na Alemanha, com mais de sete milhões de espectadores, a forma como foi retratado o regime nazi foi muito contestada. A qualidade técnica da produção e o desempenho do elenco mereceram elogios, mas a série foi também acusada de revisionismo histórico e de branqueamento do exército nazi.

Na Polónia a receção a Filhos da Guerra foi particularmente agreste, tendo mesmo dado origem a cartas de protesto por parte dos embaixadores polacos na Alemanha e na Áustria. Em causa está a perspetiva da série sobre o movimento de resistência polaco Armia Krajowa, retratado aqui como um grupo antissemita.

No Reino Unido, assim que se soube que a BBC Two iria exibir Generation War (o título internacional da série em inglês) surgiram protestos da comunidade polaca residente no país, que organizou uma manifestação junto à sede da estação pública britânica.

Polémicas à parte, Filhos da Guerra foi galardoada com vários prémios internacionais, entre os quais um Emmy Internacional para Melhor Minissérie ou Telefilme em 2014.