Falta apenas um episódio para o final desta temporada de Nashville e esta semana foi recheada de catástrofe: a grande editora da série, Highway 65, criada originalmente pela falecida Rayna (Connie Britton), pode enfrentar o seu fim muito em breve. O novo episódio, Father On, estreou no canal CMT no dia 3 de agosto.

Maddie (Lennon Stella) começa a filmar o seu primeiro vídeo, para a música “Saved”, e eis que as coisas parecem ir por água abaixo quando a equipa de produção decide que quer alterar parte da letra da música.

A jovem, obviamente, fica transtornada e recusa-se a ceder ao pedido, visto querer manter-se íntegra à sua arte. Contudo, Zach (Cameron Scoggins) revela que o contrato assinado autorizava possíveis alterações.Nashville

Deacon (Charles Esten) mostra-se abalado com as notícias, visto que Zach nunca vendeu o peixe de tal forma. Sentindo que está constantemente a ser contrariado e desvalorizado, Zach deixa duas opções em cima da mesa: ou as opções são feitas ou ele se retira da Highway 65, o que pode significar o fim da produtora.

Acho que nenhum fã ganhou propriamente amor suficiente a Zach para ficar transtornado com esta chantagem, mas nenhum de nós quer ver o grande pilar de Nashville a cair pelo chão, ainda por cima algo que tem a marca e o carinho de Rayna nos seus ossos.

Como tal, Deacon decidiu convocar uma reunião com todos os artista – mais uma daqueles encontros do elenco completo que adoramos – para discutir alternativas. Maddie está disposta a fazer o sacrifício mas todos insistem que é importante sermos fiéis à música que criamos.

Como se isso não bastasse, Deacon recebe um convite para atuar na Grand Opry mas considera estar demasiado ocupado para tal. Posto isso, Jessie (Kaitlin Doubleday) faz sua missão raptar Deacon e levá-lo para o meio do campo, para que ele possa ter tempo para descansar, relaxar e pensar sobre o que é realmente importante.Nashville

Enquanto isso, Avery (Jonathan Jackson) e Gunnar (Sam Palladio) continuam a ser um autêntico sucesso na sua digressão, conhecendo inclusive uma outra artista que, pelos vistos, está numa “relação aberta” e decide tentar a sua chance com Avery. O amor deste por Juliette (Hayden Panettiere) é tão grande que toda a situação não passou de um susto.

Deacon decide aceitar o convite para a Opry e encerra o episódio com um espetáculo maravilhoso, confessando a sua profunda saudade por Rayna e dizendo que há-de sempre defender a arte que a sua esposa criou. À medida que o público aplaude de pé, Zach repensa a sua atitude e o destino da Highway 65 fica em suspenso… até à próxima semana.

NOTA: 6/10