sinagoga
Foto: divulgação

Sinagoga de Leiria reabre 520 anos depois para recordar a história judaica

Esta quarta-feira, a antiga Sinagoga de Leiria reabre as suas portas para a inauguração do Centro de Diálogo Intercultural de Leiria, que contará com a presença do Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, num momento importante de valorização do património material e imaterial do nosso país.

Este é um projeto da Câmara Municipal de Leiria e da Santa Casa da Misericórdia que integra «as Rotas Sefarad, fixando as memórias multiculturais deste território, que se estendem no tempo a vultos como o poeta e cristão novo, Francisco Rodrigues Lobo, e ao Padre Joaquim Carreira, que salvou dezenas de pessoas de origem hebraica durante a 2.ª Guerra Mundial», afirmou Gonçalo Lopes, vice-presidente da autarquia e vereador do pelouro da cultura.

O Centro de Diálogo Intercultural de Leiria pretende preservar a identidade judaica portuguesa no território e promover a confluência de culturas com a revitalização das memórias do Cristianismo, do Judaísmo e do Islamismo, ensinando-nos que «num mundo que reconhecemos demasiadas vezes como brutalmente intolerante, é possível resgatar o direito à diferença», salientou o vereador.

Uma rota cultural

A criação deste novo espaço cultural projeta Leiria como cidade ecuménica e atrai o turismo judaico. Por outro lado, revela os trabalhos de conservação e restauro de um espaço de antigo culto e uma exposição de objetos e multimédia, organizada com o apoio de diversos consultores.

O espólio contempla a recriação da tipografia da família Orta, onde foi impressa, pela primeira vez no país, uma obra de caráter científico, o Almanach Perpetuum, de Abraão Zacuto. Esta orientou os navegadores portugueses nos Descobrimentos.

Para o autarca, esta nova rota cultural, em pleno centro histórico da cidade, «sublinha que a arte, a cultura e inovação podem promover como ninguém o diálogo entre pessoas, comunidades e até fações, contribuindo para combater o extremismo e a intolerância».

A inauguração do espaço vai ter lugar já no próximo dia 26, pelas 17h, na antiga Sinagoga de Leiria que agora, 520 anos depois, volta a abrir-se ao público.

Mais Artigos
Eurovisão
EFVisão. Espalha-Factos prepara operação para acompanhar a Eurovisão