Afonso Dorido partilha toda a sua espiritualidade enquanto Homem em Catarse. É nesta atribulada jornada sentimental que agora, o também membro dos Indignu, lança a primeira música do seu próximo álbum.

Chama-se Portalegre e marca o início de uma viagem que pretende homenagear várias localidades do interior de Portugal. O próximo disco terá também menções às cidades da Guarda, de Lamego, de Bragança e uma nova versão da sua antiga música Covilhã (em maio), para além da cidade alentejana já mencionada.

Cada local terá uma música que surge como uma “resposta sensorial e sentimental” à passagem de Afonso Dorido por lá. Uma viagem que durou quatro anos e que será agora traduzida para melodias e posteriormente para um álbum. Afirma o cantor que “cada música é sobre o que essa cidade/vila significou” para ele enquanto lá esteve. Sentimento que até hoje “perdura no [seu] pensamento”.

Depois de Guarda-Rios, em 2015, e de Ophelia, pelos Indignu, no ano passado, Afonso Dorido dá continuidade à sua discografia com Viagem ao Interior.