Após a sua estreia em Dunkirk, Harry Styles está pronto para se afastar do grande ecrã. O cantor admitiu que, apesar de ter gostado bastante da experiência, não faz tenção de regressar ao cinema.

A estreia do filme decorreu hoje em Leicester Square, Londres. Foi na passadeira vermelha que Styles confessou, em entrevista, que poderá não voltar a representar: “Faria este [filme] outra vez, mas talvez tenha sido uma primeira e última vez.” Acrescentou ainda que ser ator é “um pouco diferente” de ser músico, mas que gostou da experiência. “Adorei. Diverti-me e é um privilégio fazer parte deste filme”, acrescentou.

O cantor britânico interpreta Alex, um dos soldados presos nas praias francesas aquando da evacuação da cidade de Dunkirk (Dunquerque), durante a II Guerra Mundial. O filme, realizado por Christopher Nolan (A Origem), conta ainda com Tom Hardy (O Regresso), Mark Rylance (Ponte dos Espiões) e, a estrear-se no papel principal, Fionn Whitehead.

Styles explicou ainda que, quando soube que Nolan ia realizar o filme, ficou “empolgado para o ver“. “Eu só queria estar envolvido [no filme],” afirmou. Por sua vez, o realizador não poupou elogios à estreia do cantor no cinema, comparando a sua experiência com Styles à que teve com Heath Ledger (O Cavaleiro das Trevas). “Quando escolhi Heath Ledger para o Joker, muita gente torceu o nariz e houve muitos comentários. Eu tenho de confiar nos meus instintos e o Harry era perfeito para este papel.”

Dunkirk estreia em Portugal na próxima quinta-feira, dia 20 julho.

LÊ TAMBÉM: CHRISTOPHER NOLAN: “NÃO SABIA QUE O HARRY STYLES ERA TÃO FAMOSO”