Quentin Tarantino, um dos realizadores mais famosos da história do cinema moderno, já está a preparar o seu próximo filme.

A longa-metragem – que Tarantino já escreveu e irá realizar – será baseada numa história verídica, mais especificamente, num dos assassinatos mais infames de todos os tempos, os homicídios levados a cabo pela Família Manson. Esta “família”, nome atribuído ao culto criado por Charles Manson (um recluso condenado à pena de morte que posteriormente viu a sua sentença transformada em prisão perpétua), foi a responsável pelo brutal assassínio de diversas pessoas numa casa em Los Angeles, incluindo a atriz Sharon Tate, esposa do realizador Roman Polanski, grávida de oito meses na altura do assassinato.

Quentin Tarantino

Roman Polanski e Sharon Tate

O foco principal da película ainda não foi revelado, sendo impossível adiantar se a longa-metragem de Quentin Tarantino será um relato histórico dos eventos macabros ocorridos a 8 de agosto de 1969, ou se será apenas o pano de fundo para o desenvolvimento de novas histórias relacionadas.

Contudo, apesar de ainda não existirem confirmações relativas aos atores participantes, segundo o The Hollywood Reporter, este novo projeto de Quentin Tarantino irá incluir um luxuoso elenco repleto de nomes sonantes. Dentro dos nomes rumorados, Jennifer Lawrence e Brad Pitt compõem o star power daquela que será a nona longa-metragem de Quentin Tarantino.

Importante relembrar que o realizador, responsável por filmes de culto como Pulp Fiction, Kill Bill, e, mais recentemente, The Hateful Eight, salientou que se iria retirar do mundo do cinema após a sua décima longa-metragem. Até lá, aproveitar as duas que nos restam. As rodagens do nono filme de Quentin Tarantino estão previstas começar no segundo semestre de 2018.

Lê também: Tarantino confirma: décimo filme será mesmo o último