A Câmara Municipal de Coimbra continua a apostar na organização de visitas guiadas à cidade. A Câmara promete um “aumento da qualidade destas atividades culturais e  a sua diversificação”. Para julho deste verão já são muitas as visitas programadas.

As atividades arrancaram esta terça feira com  a visita ao Castelo e a Muralha de Coimbra. A visita teve como principal objetivo revelar os factos relacionados com a defesa da cidade, durante a Reconquista Cristã.

À descoberta da Lenda de Pedro e Inês é a proposta agendada para dia 13, pelas 15h. O ponto de encontro é no Grupo escultórico Sob o Signo de Inês, Quintas das Lágrimas. A atividade está direcionada para os mais apaixonados, onde, segundo a página da organização, nasceu um “dos mais belos episódios da História de Portugal por forma a divulgar, a potenciar e a valorizar um dos mais emblemáticos espaços da cidade”.

Para dia 20, está agendada a visita intitulada Coimbra um outro olhar. Esta visita guiará os participantes por vários espaços, ruas, travessas e becos da Alta de Coimbra, prometendo realçar e recordar memórias, vivências, tradições e aspetos histórico-culturais da cidade. Também pretende dar a conhecer  “cantores e compositores, políticos e filósofos, prémios nobel e cientistas, entre muitos outros que foram/são a essência da nação portuguesa, hoje reconhecida como Património da Humanidade pela UNESCO.”

Tesouros de uma cidade Património Mundial é a última atividade proposta para o mês de julho. “Este percurso dá continuidade à linha de promoção da identidade multicultural e de tolerância intelectual sempre presente nas vivências urbanas conimbricenses.” Um percurso que atrai um grande número de visitantes e promete realçar algum do  património classificado pela UNESCO.

Todas as visitas são realizadas com um mínimo de 10 pessoas e um máximo de 30. Os interessados devem fazer a sua inscrição, via telefónica ou presencial, na Câmara Municipal de Coimbra. As visitas referidas têm início às 15h00.