A Coca-Cola está a celebrar os 40 anos de comercialização em Portugal com uma campanha publicitária que destaca a presença nos acontecimentos marcantes do país. A marca de refrigerantes juntou-se aos portugueses a 4 de julho de 1977.

A Coca-Cola diz-se “orgulhosa pela ligação que estabeleceu com os portugueses e com a presença no seu dia a dia“. E, na nova campanha, destaca os principais eventos desportivos, culturais e musicais, como a Expo’98, o Euro’2004 e o Campeonato do Mundo de Juniores, em 1991, realizado em Lisboa e ganho por Portugal.

“São quatro décadas de uma relação de grande proximidade, em que acompanhámos de perto as mudanças culturais e sociais do país, em que vivemos juntos momentos marcantes e em que assistimos à forma como o país se desenvolveu e modernizou. Temos um sentimento de satisfação pelo contributo dado pela Coca-Cola para essa realidade e nada melhor do que celebrar esta ligação forte da marca com os portugueses este ano”, afirmou Tiago Lima, diretor de relações externas da The Coca-Cola Company para Portugal.

Maria Bradshaw, uma portuguesa, é o rosto e a voz da nova campanha internacional da marca.

[youtube https://youtu.be/0h0a9Uu8a4E]

Homenagear o país

Segundo a marca, o objetivo de homenagear as características únicas de Portugal levou à sua presença em espaços icónicos, como por exemplo o elétrico 28. Proporcionou também o desenvolvimento de produtos personalizados e ações específicas para o mercado português.

São exemplos a coleção Património Revisitado, que premiou monumentos nacionais classificados como Património da Humanidade pela UNESCO, e as campanhas Partilha uma Coca-Cola com… e Partilha uma Coca-Cola bem gelada em…. A primeira colocou nas latas os nomes próprios mais comuns em Portugal e a segunda promove destinos turísticos nacionais, inclusive nas bebidas vendidas noutros países europeus.

LÊ TAMBÉM: Coca-Cola vai ter menos açúcar até 2020

Produção em Portugal é a terceira maior na Europa

A Coca-Cola chega aos portugueses através da fábrica Refrige, localizada em Azeitão, Setúbal. De acordo com a empresa, ali são engarrafadas cerca de 90% das bebidas distribuídas diariamente a todos os pontos de venda do país. A divisão ibérica é das mais importantes a nível internacional: ocupa o terceiro lugar no volume de vendas na Europa e o sétimo lugar no mundo.

Atualmente a marca emprega 400 pessoas em Portugal e afirma contribuir para a criação de mais de 5 mil postos de trabalho diretos e indiretos. O grupo possui 28% do mercado de refrigerantes e dele fazem parte outras marcas, como a Fanta e a Nestea.