Durante este verão será possível fazer a travessia desde a Estação de S. Bento até ao Tua, em carruagens dos anos 40 com uma locomotiva dos anos 60. Até 30 de setembro, é possível fazer a travessia Porto – Tua numa viagem que visa recordar o passado.

As seis carruagens do comboio batizado de MiraDouro foram fabricadas pela suíça Schindler. Circularam em Portugal entre 1949 e 1977 e novamente por um curto período em 2004.

As carruagens contam décadas de história mas sofreram as devidas alterações para continuarem a funcionar. “O comboio foi objeto de várias intervenções ao longo da sua história (…), em teoria, não é um comboio histórico, apesar de ser material circulante histórico”, diz fonte da CP.

Prevê-se que este comboio dos anos 40 tenha uma procura proporcional àquela que tem o turismo na cidade do Porto. Uma fonte da CP explicou que a procura por comboios que se destinam ao Douro é “exponencial nesta altura do ano, sobretudo por parte dos turistas”. “Com renovação deste marial antigo conseguimos ir ao encontro dessa procura e oferecer aos turistas uma forma charmosa de fazer aquele percurso, em carruagens antigas, com janelas panorâmicas e salões bastante espaçosos”, acrescentou.

O comboio tem sofrido várias alterações estéticas ao longo dos anos mas sem que afetasse o seu carisma. A mais recente mudança teve o cunho  da Empresa de Manuetenção de Equipamento Ferroviário do grupo CP. As janelas amplas e panorâmicas providenciam uma vista privilegiada para o Douro Vinhateiro, Património da Humanidade da UNESCO. A iniciativa foi criada a pensar nos turistas (principalmente estrangeiros) mas pode ser usufruída por toda a gente.

As viagens do MiraDouro serão diárias e terão partida de S. Bento às 9h25, com paragens em Régua e Pinhão. Durante a semana, o regresso dá-se às 16h34 e às 20h55. Em sábados, domingos e feriados ocorre às 20h30. A viagem tem um custo de 11,60€.