Ciclo Kenji Mizoguchi no Espaço Nimas

Está a decorrer um ciclo dedicado ao realizador Kenji Mizoguchi, na Medeia Filmes. Será possível ver as nove obras-primas do cineasta japonês até 19 de julho no Espaço Nimas, em Lisboa.

Mizoguchi iniciou a sua carreira como designer publicitário. A sua estreia na indústria do cinema deu-se em 1920, aos 22 anos, como ator. Três anos mais tornou-se um conceituado realizador da Nikkatsu Corporation e em 1930 contava já com 50 filmes da sua autoria.

Os seus primeiros filmes foram remakes do expressionismo alemão e adaptações de Leo Tolstoy e Eugene O’neill. Mais tarde, Mizoguhi realizou keikō-eiga (“filmes tendenciosos”), em que apresentou as suas tendências socialistas e valores de consciência social.

No ciclo estarão em exibição títulos como Os Contos da Lua Vaga – a ação decorre no século XVI, durante a guerra civil, e acompanha um agricultor que quer ser samurai. Estará também em exibição Rua da Vergonha, o último filme do realizador, que conta as histórias de várias mulheres que trabalham juntas num bordel. Por sua vez, O Intendente Sansho destaca-se pela sua consciência social, retratando a pobreza e o papel da mulher na sociedade da altura. O filme, que acompanha duas crianças da aristocracia que são vendidas para escravatura, é considerado uma das melhores obras do realizador.

Os bilhetes custam €6. Podes consultar o programa completo e horários aqui.

Mais Artigos
Terra Brava SIC
‘Terra Brava’ perde terreno e reduz distância para a TVI