A razão pela qual os fãs de Nashville se apaixonaram pela série consiste nos momentos simples e comoventes que esta conseguiu transmitir através de música intimista. Esta semana, tivemos mais do que uma surpresa desse género. O novo episódio, A Change Would Do You Good, estreou no canal CMT no dia 22 de junho.

É a estreia de Hallie Jordan (Rhiannon Giddens) no café Bluebird e a noite não podia ter corrido melhor! Graças à sua voz fenomenal, Deacon (Charles Esten) decide que quer assinar a artista para a Highway 65. Ela fica contente, a marca fica contente, nós ficamos contentes, toda a gente fica contente.

Esta não é a única novidade para a editora. Rachel Bilson entra em cena no papel de Alyssa Greene, uma jovem estratégica que planeia repor a fama e o lucro da Highway 65 através da criação de parcerias – basicamente, os artistas iriam começar a escrever músicas para outros cantores. Embora hesitantes ao início, o grupo acaba por concordar.

Nessa noite, toda a família se reúne em casa de Deacon para um jantar informal, que serve de apresentação a Hallie enquanto artista. A última vez que vimos o elenco assim todo junto foi no funeral de Rayna (Connie Britton) e devo confessar que já tinha saudades.

Enquanto isso, a publicação do incidente de Maddie (Lennon Stella) com a polícia continua a rebentar na Internet e a produtora tenta com que ela realize um pedido de desculpas formais. Inicialmente ela recusa, pois não quer mentir e acredita que, no fundo, teve boas intenções ao tentar proteger Clay (Joseph David-Jones).

Como se isso não bastasse, Daphne (Maisie Stella) não ajuda à festa. Para além de andar com um comportamento descontrolado com Liv (Odessa Adlon), esta convence-a a publicar um “meme” de Maddie, que rapidamente se torna viral na Internet. Contudo, Maddie desconhece por completo a autoria da publicação… por enquanto.

Pelo caminho, Maddie pede conselhos a Juliette (Hayden Panettiere) e acaba por ouvir à gravação da sua nova música: Water Rising. A qual, na verdade, era a música destinada para Maddie… embora ela não saiba. A faixa é maravilhosa mas claramente as coisas não andam a correr bem para a jovem ultimamente.

Avery (Jonathan Jackson) pede a Hallie que seja ele o produtor do seu primeiro álbum, mas isso implica que ela deixa a sua banda do costume para trás. A rapariga sente-se claramente dividida: ter sucesso na indústria ou continuar no “seguro” com os seus amigos? Para acompanhar nos próximos capítulos.

Tendo levado sempre um estilo de vida simples e discreto, Clay não suporta toda a atenção mediática e decide quebrar de uma vez por todas os laços com Maddie. Em troca, esta decide prestar-lhe uma serenata online, que serve tanto como pedido desculpas pelo sucedido como uma tentativa de reatar a situação.

Maddie e Daphne fecham então o episódio com uma versão maravilhosa de Love Until It Hurts, relembrando-nos que a música country nunca esteve tão viva e que a essência desta série sempre foi o talento dos protagonistas enquanto atores e cantores.

NOTA: 9/10