A 22.ª edição do Festival Andanças decorre durante quatro dias, de 8 a 11 de agosto, na bonita vila de Castelo de Vide.

Esta edição nasce da vontade da associação organizadora, PédeXumbo, querer garantir o futuro do festival após o trágico incêndio que ocorreu em 2016. Assim, esta edição realiza-se num formato mais reduzido, tanto na duração como no público.

O Andanças mantém a mesma natureza e continua a ser um festival onde o público deixa a típica postura de espetador e assume um papel ativo, participando nas diversas atividades que preenchem cada dia.

A música e a dança não vão faltar, sendo um convite constante para experimentar ou partilhar estas formas de expressão e viajar por universos sonoros e sensoriais de outras partes do mundo.

Esta edição conta com as danças e as músicas trandicionais do mundo, diversas oficinas, programas dedicados às crianças e famílias, concertos, bailes, sessões de cinema, atividades de relaxamento e desenvolvimento pessoal, assim como vários passeios e atividades locais que vão animar as ruas e os espaços da vila do Alto Alentejo.

O festival continua a promover as boas práticas sociais, económicas e ambientais com um espaço livre de poluição. O uso da caneca, o apelo para a escolha de formas de transporte mais sustentáveis e a compra de produtos produzidos localmente são algumas das práticas já implementadas, entre outras.

Este ano a caneca Andanças, para além de ajudar a manter o festival livre de plásticos e descartáveis, transforma-se num símbolo de solidariedade. A venda destas canecas reverte a favor da AJUDADA Andanças 2016 – movimento de solidariedade e entreajuda desenvolvido de forma espontânea, informal e independente para oferecer apoio aos lesados do incêndio da edição passada.

O campismo continua a ser gratuito, embora limitado por se sencontrar na vila. Oferece-se também acantonamento no Pavilhão Gimnodesportivo, para o qual é necessário reservar espaço.

Este ano vai também ser mais fácil chegar ao Andanças de transportes públicos. Já foram criadas parcerias com a CP e a Rede Expressos para obtenção de descontos nos bilhetes. Foram também estabelecidos transferes gratuitos a partir da Vila Velha de Ródão. Apesar de não haver um parque de estacionamento oficial, vão ser criados vários locais de estacionamento em diferentes pontos da vila.

O festival vai continuar a ser um laboratório de ideias, experiências, criações, génese de sonhos e momentos sinérgicos, assentes nos pilares da música e da dança, do voluntariado, da sustentabilidade e da comunidade – que este ano estará ainda mais presente.

Mais do que um Festival de Música e de Dança, o Andanças pretende continuar a ser um festival onde se é, se aprende e se faz parte.

É possível consultar todas as informações relativas aos bilhetes aqui.

Fotografias da edição de 2016, cedidas pela organização.