Em homenagem a todas as mulheres que lutaram e ainda hoje lutam pelos seus direitos, há um novo modelo Josefinas. A nova coleção, inspirada nos tons branco, púrpura e verde, quer relembrar os movimentos sufragistas do início do século passado.

Acompanhada pelo movimento #proudtobeawoman, criado pela marca no Instagram, esta nova coleção é pensada para todas as mulheres que lutam contra a desiguldade de género. Se nos movimentos sufragistas se destacavam usando tons de branco, púrpura ou verde, é agora nos pés eles voltam a surgir.

Além das cores, as tiras de pele das novas sabrinas lembram as grades da prisão onde muitas mulheres estiveram por se manifestarem pelo seu direito ao voto.

https://www.instagram.com/p/BVFTUdqhOxK/?taken-by=josefinasportugal

“Nunca podemos esquecer quem lutou pelos nossos direitos, e nunca os podemos dar como adquiridos, porque ainda hoje existem mulheres que não os têm”, pode ler-se na página da marca, sobre a nova coleção, que tem entre os motes frases como “Nunca deixaremos de lutar pelos nossos valores” e “O lugar das mulheres é na resistência”.

https://www.instagram.com/p/BVIjfi0BB-R/?taken-by=josefinasportugal

A coleção conta com 3 modelos iguais, em que apenas variam as cores. O primeiro tem as três cores do movimento sufragista, enquanto os outros dois têm uma única: rosa claro ou púrpura. Estas sabrinas já estão disponíveis e podem ser adquiridas na loja em Nova Iorque e no site da marca, por 235€.

https://www.instagram.com/p/BVGEut0BjKg/?taken-by=josefinasportugal

Sobre a Josefinas

Criada em 2013, a Josefinas é uma marca portuguesa cujos sapatos são fabricados à mão por artesãos portugueses. Foi a avó da fundadora, a arquiteta Filipa Júlio, que deu o nome à marca que em 2015 lançou as sabrinas Sal Azul Persa, as mais caras do mundo, com uma jóia de outro e topázios azuis, no valor de 3369€.

Além de sabrinas, a Josefinas tem ainda coleções de sapatilhas, malas e porta-chaves. Há ainda coleções especialmente pensada para noivas e crianças.