“O Porto Mágico de Harry Potter” trouxe a magia à cidade Invicta

Foi pelas mais movimentadas e emblemáticas ruas da cidade Invicta que a Endless Senses lançou O Porto Mágico de Harry Potter, um pedipaper que levou os fãs da saga do feiticeiro mais famoso do mundo a descobrir a cultura da cidade que inspirou o universo mágico de J. K. Rowling.
Tendo o seu início na Estação de São Bento, o pedipaper consistiu num circuito que duas equipas tiveram de percorrer, servindo-se de pistas que levavam ao encontro de diversos pontos conhecidos da cidade, onde tinham de concretizar tarefas, responder a perguntas e até fazer algumas performances teatrais que punham à prova os seus conhecimentos da saga de livros e filmes.

Segundo Leonor Veloso, CEO e Event Manager da Endless Senses, empresa organizadora de “O Porto Mágico de Harry Potter“, este tipo de jogos são sempre dinâmicos, permitindo a qualquer fã da saga participar, desde os que apenas se ficaram pelos filmes até aos maiores conhecedores da história, adaptando a dificuldade ao nível de conhecimento de cada participante. A escolha do Porto como local para o jogo torna-se particularmente simbólica, tendo em conta que foi nessa cidade que a autora J. K. Rowling não só viveu, mas também teve a sua inspiração inicial para escrever a saga do famoso feiticeiro.

A Endless Senses começou há quatro anos na cidade de Coimbra e desde então dedica-se a fazer Team Buildings por diversas cidades do país, virando-se mais para grandes empresas, embora se dedicando também a jogos pedipaper.

Para além de “O Porto Mágico de Harry Potter“, a Endless Senses está já a trabalhar no seu próximo projeto, conhecido por “À Descoberta da Invicta“, um pedipaper que vai da Torre dos Clérigos até à Ribeira e que aborda toda a história do Porto. “A Endless Senses é um conceito sensorial, cujas atividades dão uso aos cinco sentidos para despertar emoções e tornar as experiências inesquecíveis“, revela Leonor Veloso.

Fotografias de Sara Sampaio