Faltam apenas três episódios para o derradeiro final de Pretty Little Liars e as peças do puzzle parecem juntar-se a pouco e pouco… literalmente. À medida que o jogo se compõe, também as vidas pessoais das protagonistas avançam a olhos vistos. O novo episódio, intitulado Driving Miss Crazy, estreou no canal Freeform no dia 6 de junho.

Mona (Janel Parrish), como sempre, decide tomar as rédeas da situação e revela a Emily (Shay Mitchell) que descobriu o nome do doutor que realizou a “gravidez forçada” de Alison (Sasha Pieterse) – a qual, convenientemente, está em Nova Iorque. Alison tem assim estas viagens espontâneas, sabem.

Como tal, Mona e Emily decidem fingir ser um casal homossexual e falar com o médico. Quando este é confrontado e chantageado com o assunto de Alison, não tem alternativo senão revelar o ID do doador – ou seja, do pai ainda desconhecido da criança. Tudo isto já valeu a pena só para ver a Mona fingir ser lésbica.

Enquanto isso, Aria (Lucy Hale) continua nos preparativos para o casamento com Ezra (Ian Harding), que desta vez incluem aulas de dança. Mantendo também o seu jogo secreto com A.D., a sua nova missão implica plantar provas em casa de Spencer (Troian Bellisario). Claro que isto tem tudo para correr mal.

As provas revelam o envolvimento do pai de Spencer na morte de Jessica (Andrea Parker) e vêm mesmo até a calhar com o regresso de Mary Drake, que apenas quer uma última chance para prestar explicações à filha. Spencer realmente não tem um segundo para respirar. Entre dramas de famílias adotivas, investigação por homicídio e sendo a única solteira do grupo, dou-lhe todo o mérito do mundo.

Veronica (Lesley Fera) diz a Spencer que já não pretende mudar de casa e decide pôr um ponto final na relação com o marido. Já não era sem tempo! Isto parece ser a desculpa perfeita para Spencer ficar em paz e perdoar Mary Drake por toda esta confusão.

Hanna (Ashley Benson) é quem está na mira esta semana. Sentindo a investigação policial a apertar, decidi tentar recuperar as pás que o grupo usou para enterrar o corpo de Rollins (Huw Collins). Infelizmente, as pás já desapareceram. Que conveniente.

Claro que nem tudo são más notícias. Caleb (Tyler Blackburn) aproveita o regresso de Ashley (Laura Leighton) à cidade para anunciar que pretende pedir Hanna em casamento. O casal acaba por passar a noite numa tenda e fazer amor ao luar, como da primeira vez que perderam a virgindade no início da série. Bonito pormenor!

Por todo o seu esforço (e traição), Aria recebe finalmente, não uma, mas DUAS peças do puzzle para o jogo. No final do episódio, vemos Mona regressar a casa e descobrimos que ela tem, na verdade, todo um covil montado, que inclui mapas do jogo, fotografias das raparigas e, nada mais nada menos, as pás que Hanna andava à procura.

Mona é apenas mais uma na lista de pessoas que a série tenta incriminar durante uns segundos mas, na verdade, está mais do que inocente – até porque ela já teve o seu papel de vilã nas duas primeiras temporadas. Com o final cada vez mais próximo, está na altura de Aria voltar para o lado bom da batalha e ajudar a fechar o jogo de uma vez por todas.

NOTA: 8/10