Ronaldo, o documentário biográfico sobre a vida do futebolista português, estreia este domingo, dia 4, às 21h15 na RTP1.

Dois anos depois da estreia mundial no grande ecrã, o filme realizado por Abias Anthony Wonke chega agora à televisão portuguesa. Filmado ao longo de 14 meses, o documentário abre uma janela sobre a vida de uma das figuras mais mediáticas do futebol, dentro e fora do relvado.

Ronaldo: o filme

Já passou pelo Sporting, pelo Manchester United e integra a equipa do Real Madrid desde 2009. Cristiano Ronaldo dispensa grandes apresentações e é o protagonista deste filme documental.

Ronaldo revela detalhes da vida profissional e íntima do jogador, desde a conhecida rivalidade com o colega Lionel Messi, à relação com o filho e os sacrifícios da mãe, Dolores. A morte do pai e a ausência de proximidade entre os dois é, também, um dos assuntos abordados pelo atual capitão da seleção nacional.

As gravações tiveram início em 2014, ano em que Cristiano Ronaldo ganhou a segunda Bola de Ouro. Entretanto, o craque já conquistou a terceira em 2016. Para além da visão intimista do protagonista, a equipa que o acompanhou durante mais de um ano de filmagens captou, também, testemunhos de familiares e amigos do atleta.

É desvendada a rotina do melhor jogador do mundo, bem como os riscos e sacrifícios necessários para conquistar cada título. Desde a viagem da Madeira para Lisboa, aos 12 anos, até ao tempo que é obrigado a passar longe do filho.

Nos 93 minutos de duração do filme, são várias as facetas reveladas por Ronaldo. Apesar de ser uma lenda do futebol, reconhece que a opinião não é unânime e há quem não valorize o seu trabalho. No entanto, a prioridade é só uma. “O mais importante são os amigos e a família”, sublinha o internacional português.